PÔ, CARMEM LUCIA!










O casamento foi lindo! Foi tudo muito lindo!

Dizem que as mulheres valorizam mais do que os homens o planejamento, as compras, as festividades, tudo que cerca aqueles momentos mágicos que antecedem ao "sim" da união matrimonial dos cônjuges.

Em parte, isto é verdadeiro, não totalmente, porque eu me emocionei muito com o nosso casamento. Mas, reconheço que realmente você o valorizou muito mais. Comprou tudo. Coordenou todas as despesas. Quanto empenho! Envolveu toda a sua a família. Verdadeiro trabalho em equipe.

Só depois da lua de mel é que fui ver tudo direitinho, fazer as contas, cotejar. E, como você valorizou Carmem Lucia!

Aquelas pouquíssimas rosinhas de chocolate que a sua mãe sugeriu para que fossem oferecidas aos convidados quando eles saíssem da festa, custou mais do que o aluguel da igreja e o coral, com o órgão do padre e tudo. Lembra do meu sapato preto, importado da Austrália de couro de canguru, que você achou lindão? Então, daria para comprar uns cinquenta pares com o dinheiro gasto naquelas singelas lembrancinhas de chocolate.

Eu sei que foi uma amiga da sua mãe que nos vendeu, não foi? Se a gente não conhecesse bem a sua mãe, Carmem Lucia, diríamos que ela levou, no mínimo, cinqüenta por cento de comissão naquela comprinha.

Foi muito caro. O pior é que eu vi crianças atirando aquilo umas nas cabeças das outras. Um duplo desperdício. Como você valorizou nosso casamento, Carmem Lucia!

Aquela gorda dona daquele tal Pastel do Carioca, empresa fantasma que fez os pasteizinhos de queijo para tira-gosto a pedido do seu pai bebum, cobrou mesmo aquilo tudo?






Tem certeza que o seu pai só gosta de comer os pasteis dela?

Fiz umas contas rápidas e o que pagamos por aqueles pasteizinhos safados e mirrados daria para a gente comprar uma pastelaria no estado que mais se come pastel: São Paulo.





Uma coisa à toa que, nem tinha vento e, com uma bolinha de queijo muito acanhada lá dentro, do tamanho de um grão de feijão. Um roubo!

Desculpe, mas é revoltante. Outra coisa Carmem Lucia: eu tinha alugado um carro conversível, do ano na agência de um amigo, uma semana antes, e no dia do casamento seu irmão cancelou e alugou o carro dele para nós, aquele Escort 86 enferrujado com a capota furada e coberta de lona.



Eu não entendi.

E nos cobrou o dobro do preço daquela limusine conversível que eu já havia contratado. Olha, vou ao Procon. Temos que conversar, seriamente, com seu irmão

E tem mais, quem pediu aquelas empadinhas de camarão para sua prima? Confere aí, pois, eu duvido que ela tenha mandado as quinhentas encomendadas. Foram caríssimas, não tinham camarão e ela deve ter entregue, menos da metade do que nos cobrou.

O Juninho, filho da Esmeralda berrava: - mãe devolve minha empadinha. Ela tomou da criança na mão grande. Todo mundo estava reclamando. Meu amor
você valorizou demais, prestigiou demais seus parentes, foi muito mão aberta com a sua família.

Você falou que o tapete vermelho começaria na entrada da igreja, até ao altar. Que tapete?Tivemos que ficar espremidos em cima de um minimo capacho vermelho. Roubaram o maldito do tapete, Carmem lucia?
E o dinheirão que eu paguei por 20 quilos de pétalas de tulipas multicoloridas que seriam jogadas em cima de nós no momento do beijo, lá no altar. Pétalas? Minha cabeça ficou cheia de serragem e papel de jornal picadinho. Parecia desfile gay na avenida, Carmem Lucia.

Ficamos todos emporcalhados com aquilo. Não quis lhe falar nada para não quebrar o clima, mais até quando nos deitamos na nossa tão esperada alcova na lua de mel, você ainda tinha aquele embuste de enfeite, dentro da calcinha.

Lembra-se que eu comecei a espirrar? Era serragem Carmem Lucia! Vê qual foi o seu parente que nos vendeu alho por bugalho. E o arroz que seria jogado quando entrássemos no carro? Jogaram alpiste e milho, na nossa cara. Parecia chuva de granizo.

Eu paguei arroz agulhinha de primeira. Jogaram alpiste e milho. Alguma insinuação a você? Não é possível.

Tudo isto seria perdoado, não fosse aquele episódio grotesco de você começar encher a cara com seu pai - aquele bebum inveterado - desde cedo, e ficar em altíssimo, estado alcoólico mal a festa ter começado. Abraçava todo mundo com aquele bafo insuportável e, ao invés de cortar o bolo de casamento cortou a galinha assada, do prato que estava perto.

Carmem Lucia,você estava tão embriagada que, quando me ofereceu aquele pedaço de galinha, pediu para que eu não sujasse o terno com o chantilly!



Galinha com chantilly, sua miserável bebum?

Bandida,você bebeu tantos tipos de cachaças que eu nunca tinha ouvido falar!



Foi, exatamente, aquele seu deplorável estado de embriaguez que, não deixou você notar quando, no final da festa, saímos e seu irmão parou aquele maldito Escort, no tal hotel que seu primo nos reservou, dentro de um pacote turístico que incluía estada em Teresópolis por uma semana com café da manhã, almoço, lanche e jantar executivo com velas e outras coisas românticas, como passeio de cavalinho e assemelhados.

Na verdade ele nos deixou num velho sobrado na Rocinha. Lembra-se que você dizia - nas poucas vezes que conseguiu acordar naquela noite do embuste - que seu primo tinha pensado em tudo, até nos fogos de artifício?

Carmem Lucia, aquilo não era foguetório nenhum, e sim um intenso tiroteio de armas pesadas entre a policia e os traficantes do local.

Como fui enganado!Estou num estado deplorável e lhe deixando esta carta, porque já está amanhecendo, você ronca como uma porca, o tiroteio acabou e vou direto procurar meu advogado para anular este verdadeiro ato de terrorismo que vocês chamaram de casamento e, colocar sua família na cadeia.

Carmem Lucia, respeitosamente, caso você queira suicidar-se, deixo-lhe um vidro de chumbinho, na mesinha de cabeceira.





Torço por isso. Adeus.

37 comentários:

Shuzy disse...

hsuahushuahsuahs

Ótimo!

Gisa disse...

É a Carmem Lúcia pisou feio na bola!
rsrsrsrs
Um grande bj querido amigo

mery disse...

Carmem Lúcia...que noivinha tu arrumou!Ah, mas o chumbinho é demais,não acredito que um homem tenha tamanha imaginação...
Filme de Terror inédito!
Sério, sou contra festinha de casamento...de pobre.
Beijo, da Mery.

Sandra Botelho disse...

Se ela arrumar mais uns dois casamentos como esse, tá com a vida feita e faz a vida da familia toda.kkkkkkkk.Bjos achocolatados

Dica disse...

Nossa, que catastrofe!
Algumas mulheres realmente valorizam demais o casamento, tanto que as vezes o relacionamento nem vai tão bem, mesmo assim casam.

De Carmens Lúcias o inferno está cheio.

Pior seria imaginar o não suicídio da Carmem e a vida ao lado dela..
Aniversário, gravidez.


Divertido pra quem lê
Só não é pra quem tem como esposa a Carmem Lúcia.

ROSANA COSTA disse...

Misericórdia...Será que outro vai cair nessa? Excelente e muito divertido o seu texto...ainda bem que eu não estava nesse casamento...rsrsrs bjão

Leo Carioca disse...

rsrs
Caramba!

Pedra do Sertão disse...

Que humor!!! Adorei!

Ludmilla disse...

Coitaaaaaaaaaaaaado do noivo, casamento nem é assim tão caro não que issoooooooo!! ai ai ai que mulher safadaaaaaaa hein!! beijoooooos

mercia disse...

Querido,se todo casamento fosse deste tipo, quem devia morrer era o noivo, por entrar nessa,amei;bjs

ANA ROOS disse...

kkkkkk
Adorei o texto!
Por isso que eu não caso!
bjus no coração, vi vc no coisa de mulher e me deu saudades de ler vc... a gente vai colocando um monte de blogs pra seguir que depois se esqueçe daqueles que realmente a gente gosta de ler...
Eita!
Carmem Lúcia!

Andreza disse...

menino Paulo...
Seja bem vindo entre as Folhagens...Obrigada!

rsrs...assim como lucias...há os lucios...rsrs,isso é = nos dois lados!
Muito legal o texto,rs muito...
Tenha um domingo mega maravilhoso com bjks doce no ♥...Andreza

GUIOMAR disse...

Muito bom mesmo seu texto de humor!!
Obrigada por visitar meu blog..sua também sua mais nova seguidora abraços Gui.

Ana Paula disse...

Acredito sim que aquele seja o ultimo filme da saga Harry Potter, pois não há mais livros da série. rs'
Mas tudo bem, tudo chega ao fim um dia. Não é por isso que a coisa tenha de acabar e ser esquecida. ^^'

http://caixinha-de-tudo.blogspot.com/

Ana Paula disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk... De mais! Ri muito de todos os prejuízos. Deu até dó do pobre homem. Mais do que merecida a carta para Maria Lúcia. O texto está hilário e as imagens complementam tudo de forma muito cômica. Divertiu meu dia. ^^'

http://caixinha-de-tudo.blogspot.com/

Only Myself disse...

Que casamento em?!
rsrsrs
Sera que ela se suicidou???
he he he
Adorei!!!
Acabei de fazer meu blog, se quiser visitar:http:
//viverdefantaisa.blogspot.com

cantinho da mami disse...

Olá Paulo! Passando para te desejar um final de semana abençoado. Perdoa-me a minha ausência, meu PC entrou em crise. Fique com Deus! Bjs no coração Márcia Valéria. Feliz dia do amigo atrasado.

Lêh disse...

kkkkkkkkkkk-a
muito divertido seu texto.
beijos

Cynthia Lopes disse...

Caraca Paulo, onde vc achou a Carrrmem Lúcia rapaz?!
kkkkkk... a leitura foi tudo de bom, saudações cariocas.
bjs

Denise disse...

O blog http://conhecerkardec.blogspot.com completa 1 ano de existência dia 30/7. Deixei para vc selinho comemorativo no blog. Faça uma visitinha. Muita paz!

Maria Gabriela disse...

óh Carmem Lúcia. HAHAHAHHAHAHA

Bruna disse...

Incrível. Fazia tempo que eu não passava por aqui e agora vi que estás com quase 2000 seguidores. Não esuqeça de mim, senhor famoso, que fui uma das primeiras e sempre te apoiei... heehehehehehehehe... SUCESSO sempre com teus textos!!!!

:D

Audrey Andrade disse...

Menino PAULO, há quanto tempo...

Não entendi a revolta do noivo. A Carmem Lúcia é apenas uma mulher muuuuiiito ligada a família!!!

Tirando sua imensa criatividade, nada se compara à notícia do jornal!!!


Muito bom!!!

Meu carinho!
http://pequenocaminho.blogspot.com

Bárbara Marinho disse...

Pois é, vou torcer para Carmem Lúcia tomar o tal veneno...rsrsrs

Mas não esquenta, o impportante é o amor e essa revolta deve ter passado após a lua-de-mel.

E piorado, com certeza!!!!!rsrs

Adorei o blog. Sigo-o!rs

Magda Stützel disse...

Querido Paulo,
Obrigada por ser o meu primeiro seguidor, tenho certeza que vai me dar muita sorte, hehe! Comecei a escrever só mesmo pra ter um diário virtual e passar o tempo, mas fiquei tão encantada com o lance que acabei deixando lá pra ver!
Quanto ao seu texto... encantador!! E já estou seguindo!
Super beijo e até o próximo comment!
*_*

Maria Helena disse...

Olá!
Obrigada pela visita lá no Pintando o sete com a vida.
A Carmem Lúcia lhe fez um bem danado pois este texto inspirado neste casamento está divino! Amei!

Betty Gaeta disse...

OI Paulo,
:)))
Adorei! Que família a da Carmem Lúcia!
Obrigada pela visitinha. Adorei! É sempre bom ganhar um novo amigo.
Beijos 1000 e um final de semana maravilhoso para vc.

www.gosto-disto.com

Camila Make disse...

Hahahaha! Confundir tiroteio na Rocinha com fogos em Teresópolis foi demais!

Obrigada pelo comentário e por seguir o blog. Estou seguindo de volta.

Você escreve muito bem, continue sempre! Beijos

http://divonica.blogspot.com
www.divonica.com

Cris Leal disse...

kkkkkkkkkk Muito boa a história, mas que festa de casamento foi essa, hein??!!!

Obrigada pela visita que fez ao meu blog. Adorei o seu e sou sua mais nova seguidora.

Um abraço

http://newsdacris.blogspot.com/

Mari Rodrigues disse...

Você está ferrado com a Carmem Lúcia, kkkkkkkk.
Grande abraço!

Si, Fosse Algo seria o Nada disse...

kkkkkkkkkkkkkkk....amigo, vc é genial!!!!

Vivian disse...

...este humor é nota 10000000!

estava com saudades de
ler vc...

quando será o próximo
enlace?

rsrsrs

bj, moço!

Jay disse...

uahuahuhauhuah

Muito bom Paulo! Adorei! Estava mesmo precisando de algo divertido assim no meu dia.

Obrigada! Bjuxx

Lua Negra disse...

Isso foi tortura pura!!!!!rsrsrs

Nessa noite gelada, gostaria que soubesse que dei boas gargalhadas com essa maravilha de carta, parabéns.

Boa noite e desejo uma semana maravilhosa.
Beijos mágicos.
Lua.

Lu Costa disse...

KKKKKKKK... putz, esse texto só serve para confirmar que meu pânico de casamento não é atoa...vai que me deparo com um "Carmo Lucio"? Provavelmente não seria ele a usar chumbinho! kkkkkkkkk abraço.

Domenica disse...

Gostoso ler um texto e ficar contentanmento.Além de seu humor impagável,você é generoso nos presenteando com belas imagens do Brasil,Pátria amada,alguém a salve...ABRAÇO!!!Rô.

Lucia Regina disse...

Paulo,

Que figura essa Carmen Lucia!

Adorei as ilustrações!

Um abraço

Lucia Regina