EXPULSEM SEUS VIZINHOS INSUPORTÁVEIS.


Estamos, aqui e agora, prestando um serviço de utilidade pública a todos os nossos leitores que não suportam mais o barulhos deste vizinho mala,chatérrimo, barulhento que, não respeita hora, dia e muito menos a sua tranquilidade.
Eles são insuportáveis mesmo, e não adianta pedir, conversar, tentar o diálogo, pois,  nasceram para infernizar a vida dos seus semelhantes.
Então, sofredores de plantão , estamos mandando para todos uma relação de barulhos, os quais você deve sempre usar de madrugada, por volta das três horas.
Sua utilização é muito simples, pois basta clicar em cima do link e aumentar o som ao máximo.
Desculpe mas se você não entendeu, vai ficar sem munição!

BARULHOS INSUPORTÁVEIS:

FURADEIRA.



 BATERIA TOCADA POR UMA CRIANÇA PENTELHO.




GRITOS DE TORTURA




RECÉM NASCIDO.





ASPIRADOR DE PÓ.



E FINALMENTE ESTE, QUE ALÉM DE IRRITÁ-LO VAI CAUSAR NELE UMA INVEJA DESESPERADORA DE VOCÊ.

ORGASMO.



Boa sorte, amigos e sofredores leitores do HUMOR EM TEXTOS.



AQUELE HOMEM ENAMORADO.

                               


E aquele homem enamorado, botando sentimentos afetivos por todos os poros e com as narinas abertas e respiração ofegante era o próprio búfalo no cio.


Nutria desejos inconfessáveis,óbvios e prementes por aquela mulher que nem cabia mais dentro do seu coração, de tão grande que era tudo que sentia por ela.
Apesar de só ter um metro e cinqüenta dois, ela não cabia mesmo no órgão cardíaco do apaixonado. Imagine se fosse uma lutadora de sumô.

Telefonava para ela toda hora, mandava-lhe bombons quase a intoxicando de tanta gordura de chocolate, além de flores, balinhas que vivia procurando nas docerias , além de quinquilharias bugigangas tipo ursinho de pelúcia, travesseirinho vermelho em forma de coração escrito :“Te amo”.
O amor não é lindo?
Enfim, era um homem que vivia os melhores momentos do seu amor  com aquela que os homens da vizinhança chamavam acintosamente de gostosa e que, parava todas as obras pelas quais passavam, pois pedreiros , carpinteiros e todos os outros abnegados trabalhadores braçais  colocavam a cara para fora dos tapumes e  diziam para ela elogios que mulher nenhuma, normalmente, ouviria sem constrangimentos.
Pesados, muito pesados, tipo...Não deixa pra lá é melhor não mexer nisso!

Era um dos corpos mais lembrados e homenageados pelos tarados de plantão, naquilo que se costuma adjetivar como sexo solitário.
Um belo dia o enamorado sentou em frente ao computador e pensou consigo mesmo que iria escrever para ela, algo que jamais sua amada, salve ,salve teria lido.
E mandou aquele tijolo enorme e sem fim com varias laudas digitadas além de fotografias de  abraços, beijos,apertos de mãos e toda uma serie de fotografias surrupiadas da internet além de gifes as mais variadas. Seus e-mails tinham mais  movimentos e brilho que desfile de escola de samba.

Sua amada salve salve, leu tudo,e mandou como resposta esta pérola:
“Querido, sei que você me ama, mas arruma um trabalho fixo, talvez desta forma você pare de me mandar mimos baratos de 1,99 como estes bichinhos que até sem olhos já vieram e alguns até com alguns rasgadinhos...uma pobreza querido.
E outra coisa eu disse que gostava de chocolate bom, de bombons recheados de licores e não estes tabletes de chocolatinhos de quinta categoria e bombons que são intragáveis.
Desculpe tá amor, mas devemos ser muito francos um com outro e já que é assim, cuide do seu bilau, pois, ele está sempre fazendo corpo mole e talvez a causa seja o excesso de  bebida que você anda ingerindo, meu amor.
E por favor, se beber, além de não dirigir, não coma como tira gosto e sob hipótese nenhuma sardinha enlatada com cebola crua fatiada.
Espero que você compreenda que boca não é privada.
Tem sido difícil para mim e juro que não quero dar a descarga"-finalizou em tom ameaçador o grande amor daquele homem,uma mulher que sempre detestou,sardinha e cebola, quanto mais, as duas juntas!

A MULHER ROTEADOR


O é um roteador? É um equipamento essencial nas redes domésticas nesta era da informática e que, tem como função, estabelecer conexões entre vários computadores distribuindo a internet entre eles.
Numa linguagem bem técnica: É um troço que manda as imagens para os diversos lugares, uma coisa legal que todo mundo quer porque atualmente, bunda, carro 1.0 e computador todo mundo tem.
Então, a imagem de internet só chega ao seu computador, no seu quarto, na sua cama, se o sinal de wireless, o famoso wi-fi, estiver legal.
Senão, não pega!
Ao ouvir esta explicação, meu amigo Bertholo Cêceé, fez cara feia e começou a xingar a mulher, demorada e entusiasticamente, como se o juiz tivesse marcado pênalti inexistente, contra o seu time num jogo de 0x0 e já nos últimos trinta segundos do jogo.
Eu confesso que até conheço bem,algumas dezenas de alguns palavrões, uns simples outros compostos e complexos, porém, jamais imaginei que existiam tantos outros como ouvi naquela hora.
E foi logo falando:
-Pô cara, então é isso!!! Tenho em casa uma “mulher roteador”.
Entre espantado e temeroso de aprofundar o tema, pois, entre marido e mulher o melhor negócio é você ficar de fora, mesmo assim ousei perguntar:
-Como assim? A sua mulher é igual a um roteador?
-É isso! Eu venho brigando com ela há muito tempo, pois, nós nunca conseguimos fazer sexo na cama, no meu quarto,como todo mundo, mesmo depois que eu comprei um colchão caríssimo, instalei ar condicionado e o escambau.
-Não estou entendendo  nada, Bertholo Cêceé - então, ele resolveu explicar a sua revolta.
-Cara, eu estou fazendo sexo com minha mulher há muito tempo só no quintal, às vezes com chuva e próximo do galinheiro. Fazemos em pé, rapidinho pois, afinal, eu detesto fazer aquilo, naquele lugar...Agora com esta sua explicação eu compreendi o problema daquela miserável, ela é uma “mulher roteador”, sim, e não manda nunca sinal para o quarto, portanto, se é assim vou dar-lhe um chute bem no wi.fi.Cansei cara!Vou arrumar um equipamento melhor.



ABANDONADO,SOLITÁRIO, MAS CHEIO DE "AMIGOS".



Tinha um aspecto soturno, destes homens que não dão sorte com mulheres.
Homens assim são insuportáveis, pois apesar de com elas nem sempre ser um paraíso, sem elas, no entanto, você se afunda literalmente, num poço de mau humor crônico. E não adianta procurar médico, tem que acertar é com uma mulher.
 Está bem, eu concordo que não seja tão fácil assim, mas veja bem: se já fomos capazes de escalar as montanhas do Himalaia, ir a lua, enfrentar vulcões e terremotos, erradicarmos catapora, curar a tuberculose, inventar a pílula azul que despertou aquilo que andava desabado nos homens, desviar rios, construir represas e alguns até conseguirem ter sogras como amigas, é possível, sim, encontrar a mulher dos nossos sonhos. E se você não for tão exigente, até a dos seus pesadelos!
O inusitado é que os abandonados, aqueles que resistem a entregarem seus corações a uma verdadeira mulher, no entanto, ficam cheios de amigos. Eles os criam do nada!
Eu vou explicar: a pior coisa do mundo é você abrir sua caixa postal no computador e encontrar aquelas centenas de spams. Um homem normal deleta todos eles sem a menor cerimônia.
Já o abandonado, carente, com aquela eterna cara de infeliz eterno, lê um por um e se sente cercado de centenas de “amigos” virtuais, prestigiado e jura que só para ele aquela parafernália de inutilidades, foi mandada
E quando liga o computador e aparece a mensagem:- “Bem vindo” - sua emoção é incontrolável e se sente mais prestigiado do que mulher parindo o primeiro filho do casal. Depois dos seus cinco cachorros, os spams são as suas melhores companhias.

No seu aniversário e  como o cara que não tem uma mulher pra chamar de sua, torna-se um chato, brigão, recalcado, cheio de frustrações e desejos inalcançáveis, seus parentes correm dele, e as mensagens que ele recebe e lê atentamente, são só as de políticos e de publicidades,delivery de restaurantes,farmácias e o escambau.
Em geral, estes não se esquecem do dia do seu aniversário, e mandam folhetos coloridos desejando-lhe tudo de bom!
Lojas comerciais, nas quais ele tem créditos e prestações que só terminarão em dois mil e dezenove, também são muito atenciosas e mandam muitos cartões e cartinhas. Dezenas!
Então o pobre diabo abre uma por uma, e até vai às lágrimas de tanta emoção.

E assim, vai vivendo, o abandonado, solitário, mas cheio de amigos virtuais.
No Natal, espera ansiosamente por todas as mesmas cartas e spams, e mais, a do lixeiro, do cara da água, esgoto, energia elétrica, que são gentilíssimas, sempre pedindo uma nobre colaboração daquele querido amigo e em dinheiro por serviços prestados.
É inacreditável, mas o abominável homem solitário alegra-se até ao ouvir os três apitos do seu microondas avisando que a comida está pronta. Às vezes até finge que não escuta, para que o aparelho insista a chamá-lo por mais três vezes. Ele se sente importante.
Mesmo sem ter nada para comprar vive nas lojas dos shoppings, onde se sente um rei atendido pelos solícitos e “desinteressados vendedores”, e percebe quanto é amado.
Sai sem comprar nada, mas, quando se despede, gosta de falar bem alto o nome do vendedor para dar a impressão que são amigos de infância.
Outra coisa que deixa este ser abandonado mais satisfeito do que sheik de Dubai é ser chamado compulsivamente de “senhor” pelas meninas do telemarketing.Ao ouvir isso ,do outro lado do telefone este mimo relacional, faz até caras e bocas de ator de novelas mexicanas. Suporta sorridente que, elas fiquem falando, quanto tempo quiserem.
Mas, cansadas e, sem nada venderem, elas é que se despedem frustradas.
Ele não faz por menos e ainda insiste:
- O que mais você quer me vender, minha filha? Estou a sua disposição!- e do outro lado finalmente, o sinal de ocupado.
Ocupado?
Ele adora esta palavra.






MENTIRAS QUE TORNARAM NOSSA SOCIEDADE PIOR.

         .





É verdade minha gente, afinal tudo o que há pouco tempo era  verdade, virou pó e não estamos conseguindo conviver com tantas mudanças ao mesmo tempo.

Ponto G – Existe!
E pensar que perdemos tanto tempo pesquisando por aí

E TAMBÉM OS PONTOS K , Y, X  E ESCAMBAU.
Que desgraça de verdades.E desta todas só sobrou uma grande verdade: A mulher é na realidade um grande ponto de interrogação. Mas aqui pra nós,tem melhor ponto de interrogação?

O orgasmo feminino era impossível.
Cansamos de assistir seminários, congressos científicos e lermos centenas de livros nos quais esta possibilidade era definitivamente,comprovada. Era mentira.

A Coca-Cola seria capaz de dissolver dentes.
 Mentira descarada comprovada pela ciência e atribuída as maldades da concorrência.

O MUNDO ACABARIA EM 2012.
 Imaginem quantas bobagens foram feitas, por quem jamais as fariam, se não tivessem acreditado que, o mundo iria acabar,mesmo, em 2102.

O HOMEM PENSA EM SEXO A CADA SETE SEGUNDOS.
 Mentira, A ciência provou que é a cada a da oito segundos.Caluniadores!

CRIANÇA NÃO DORME COM BARULHO.
É exatamente o contrário! Se não tiver um funk pesado no headfone arrebentando nos ouvidos delas, jamais conciliaram o sono.

E OUTRAS MUITAS MENTIRAS DITAS ÀS  CRIANÇAS QUE AS TORNARAM HOJE, MUITO REVOLTADAS E A SOCIEDADE MUITO PIOR.
 Diziam que elas nasciam porque o papai colocava na mamãe um sementinha que crescia e depois de nove meses as cegonhas traziam todos os bebezinhos dependuradas nos seus bicos.Que Papai Noel chegava pela chaminé e ovos de páscoa eram postos por coelhos.Que estudar era a única maneira de crescer na vida -por esta razão elas  odeiam os políticos- e na escola deveriam ser educadas e só fazerem bons amiguinhos.Então passaram a serem vitimas de constantes de bullying e a maioria delas até hoje,detestam os seus próprios pais.

Quer que eu minta?

ENQUANTO ESPERAVA O TELEFONEMA.

                             


Pois é,fiquei pensado em mundo diferente, com sol à noite e lua de dia, florestas cor vermelhas carmim,e terra azulada, para poder dar ao céu uma chance de ficar marrom.
As borboletas teriam três asas, apesar de que nem imagino para que serviria a terceira, mas, ficaria diferente, ficaria sim, e borboletas só teriam uma cor e cada uma separadamente.
Pássaros não voariam e até pensei atribuir esta função a cachorros, gatos e já que é assim porque não coelhos, bois, vacas...
Só não poderiam desabar sobre as nossas cabeças. Machucariam, mesmo! E para a aviação seria um desastre muito maior, pois já pensaram uma vaca entrando na turbina de um jato comercial de carreira?
Das torneiras das nossas casas sairiam vinho ao invés desta água tradicional e já tão escassa e das mais variadas qualidades, como tinto, branco, rose. Aliás, sempre achei que o vinho é a maior criação humana depois do sexo e com sexo então fica muito melhor.
Ninguém teria que trabalhar, pois, o poder organizado, as nações seriam tão ricas que poderiam subsidiar toda a sobrevivência dos seres humanos. Seriam fornecidas tantas cestas que o mundo viraria outra.
Seria bom? Nem ligo mais para fazer análise sobre isso, afinal se crio e acabo com a minha própria criação, não seria um indicador mágico da minha demência?
O transporte individual acabaria e o coletivo também, pois imagino ser muito melhor o método prático e avançado do teletransporte, pois, afinal um feixe de laser seria emitido sobre os nossos corpos e em poucos segundos estaríamos onde quiséssemos.


Comer também seria simplificado: Tudo em pasta, nada mais para mastigar, afinal nos viemos aqui para perder tanto tempo mastigando? Um horror!
As residências seriam coletivas, tudo seria coletivo, nada mais desta coisa obsessiva de propriedade privada, isto é meu, me pertence...
De repente o telefone toca e do outro lado aquela voz feminina que estava esperando e por esta razão comecei a querer recriar o mundo para passar o tempo,disse que passaria de carro para comermos um churrasco misto, nem sei mais onde e só disse que sim, mas alertou que o trânsito estava ,para variar parado e então sugeri:
-Usa o teletransporte a laser...
-Tele o quê?
-Deixa pra lá, eu te espero.
Agora já pensaram que eu esperando pelo telefonema dela, cheguei ao cumulo de recriar o mundo, no qual tudo seria coletivo?
Vou dizer uma coisa: Coletivo é o escambau: Se botar a mão na minha mulher eu mato!
Retornei o telefonema e disse:
-Quero comer muita carne e nada de alimentos em pasta.
-Em pasta? Como assim?
-Deixa pra lá, esquece meu amor.


AH, MULHERES DE SAIAS!

                




Se as mulheres soubessem como ficam deslumbrantes de saia, tocavam fogo em todas as suas calças... Quer dizer, nas calcinhas não, apenas nas calças que usam por cima das calcinhas.
Entenderam, não é?
Eu por exemplo, desde criancinha, sempre tive a mania de levantar as saias das mulheres.
E naquela época elas diziam em tom maternal:
-Ah, seu safadinho! - E ainda me davam um abraço e me beijavam.
Eu ainda era um peixinho preso no aquário e ser criança é muito bom.Fala sério!
Hoje, se fizesse a mesma coisa, algumas falariam:
-Tarado, nojento! – e invariavelmente, enfiariam a mão na minha cara.
Mulher de saia é tão bonita, fascinante e encantadora quanto, aquela brasileira bronzeada de sol exibindo a espetaculosidade única do seu biquíni fio dental, indo e saindo da água do mar, pois, na ida nos surpreende com suas sensuais nádegas atrevidas, cheia de “rebolation” saltitante, e na volta, elas olham dentro dos nossos olhos, como se estivessem dizendo:
-Baba bobão, baba! -Como se ele fosse um desesperado touro no cio.
Mulher nasceu para usar saia!

Não nos privem daquelas panturrilhas, joelhos e se possível de quatro dedos de coxas generosamente, expostas ao respeitável público que, torce sempre por uma ventania ascendente e repentina.
Uma beleza! O apoteótico momento da descoberta e que deixaria Pedro Álvares Cabral, bastante chateado por só ter vislumbrado: Terra a vista!
Outra coisa: quando a mulher veste saia ela “se sente” poderosa, vê-se isto no brilho dos olhos dela, pois, certamente sabe que, o denominado sexo oposto já esta lhe imaginando de corpo inteiro e sem elas.
Porque nesta questão que mexe com suas libidos e fantasias, os homens são muito criativos e precisam de muito pouco, exatamente, como na teoria de Arquimedes quando dizia:
“Dê-me uma alavanca e um ponto de apoio e eu moverei o mundo”
Então, os homens substituem a alavanca pela saia, um ponto de apoio por pernas graciosamente, expostas e o mundo... Bem o mundo ele deixa assim mesmo, pois, para nós a mulher e a melhor coisa que existe neste terceiro planeta do Sistema Solar.
Nossa, eu ainda morro disso!
E aqui pra nós: quanto a mim e definitivamente, prefiro mil vezes, levantar uma saia do que arriar aquelas justas e pesadas calças de jeans que as mulheres teimam em usar, segundo elas por mera comodidade!
Comodidade? Ledo engano, com saia entra até um ventinho!
O uso de calça comprida é um equívoco estético imperdoável e que apunhala a feminilidade, escondendo toda a sensualidade da mulher.
E ainda tem umas calças de mulher muito inconvenientes, são aquelas que a cintura fica abaixo do umbigo delas, o que faz parecer que tomam cerveja o dia todo, pois este tipo de calça precipita uma barriga que às vezes a mulher nem tem.
Alem disso, dos lados, estas calças indesejáveis, também deformam a cinturinha destas maravilhosas criaturas.


Usem saias, bem leves, esvoaçantes, podem ser coloridas, ou um pouco mais comedidas, mais as usem de preferência marcando a cintura com um cinto da própria fazenda do vestido, sob a forma de um lacinho fácil de desatar e que, o decote seja generoso.
Generoso, pródigo, dadivoso, liberal, franco, e magnânimo para mim é a mesma coisa.
Estou pedindo, demais?
Poxa não custa nada!
Usem saia, pois mesmo correndo o risco de ser mal interpretado eu vou continuar a tentar levantá-las,porém mediante uma troca amigável de sentimentos e diferentemente do maior e mais famoso pirata inglês da história, Sir Francis Drake, jamais voltaria a usar meu canhão para pilhar ou roubar corações que naveguem pelos mares afetivos dos meus eternos desejos, sem os acordos protocolares e necessários.
Mandei legal?




O SONHO DESTE SOCIALISTA ERA A JUSTIÇA SOCIAL.
E O SEU?
EDUARDO CAMPOS : 1965-2014.
                   

É BOBAGEM.

                                                 


Já tive muito mais medo da morte do que atualmente, e explico.
Quando pensava nela, via-me dentro daquele caixão abarrotado de flores branca e só meu rosto disponível para o ultimo adeus do respeitável público da minha parentela próxima e amigos em geral.
Algo que sempre me intrigou é inevitável aparência quase angelical e suave de quem parte. Depois descobri que o profissional que prepara os defuntos, coloca em geral um suave sorriso na boca do extinto e até uma leve maquiagem, no cara que cantou para subir, deu o último suspiro, foi pro saco, bateu as botas, essas coisas que dizem e, então, ele fica  com certo ar de tranqüilidade e até... Felicidade no rosto.
Que crueldade!
Eu nestas minhas incursões obsessivas sobre minha própria morte me via no meio daquelas horrorosas coroas nas cores uniformizadamente roxas com faixas em letras douradas tipo: “Descanse em paz”, “Saudade de seus amigos” e outras mais atrevidas que, nem eram expostas como as que dizem que, ”Vou cobrar suas dívidas da sua esposa” e até as ofensivas adjetivando o morto de ”Galinha” e, quantas outras verdades e inverdades. Para variar sobrevoando as flores das coroas e atraídas pelo seu néctar, imaginava aquela contumaz invasão terrorista de abelhas, em sobrevoo rasantes e um zumbido infernal em meio aos pesarosos e contritos, agora ameaçados, membros daquele grupo.
Chegava a sentir o odor desnecessário de vela queimando, o olhar de alguns parentes que até mesmo, odiavam o cidadão agora em decúbito dorsal, aquela fatídica mulher desconhecida da família, encostada num cantinho da sala e os inevitáveis cochichos das fofoqueiras habituais:
-Quem é aquela?


Enfim, fecha-se a tampa do caixão e lá fora um sol escaldante. Convida-se então para que, a tropa siga para a última morada e seis bravos voluntários seguram as alças do caixão e lá se vão alamedas acima, todas com muitos pés de mangas. A manga de cemitério é a melhor de todas pela sua doçura, consistência e abundantes de nutrientes.
Estamos nos momentos finais e a família chora desesperadamente, alguns desmaios, e outros não contêm os choros mais altos e todos estão agora vendo o caixão abaixar e pronto, abaixou.
Vem a pior parte, pois um cara com uma caixa contendo cimento e uma pá fecha tudo bem direitinho, para não deixar nenhuma abertura e agora eu pergunto: E se o cidadão sofrer de Catalepsia que é um estado de sono profundo, no qual os batimentos cardíacos ficam tão fracos a ponto de se tornarem imperceptíveis? 



Quando imaginava isso tremiam minhas pernas, pois, já foram muitos aqueles que até levantaram do caixão ou à noite ouviu-se um barulho no jazigo do distinto e quando foram ver o corpo estava virado ou forçando a tampa para sair.
Casos clássicos no Brasil foram os do cantor Paulo Sergio e o ator Sergio Cardoso, que teriam sido enterrados vivos. Que horror, mas podem pesquisar!
Então, catalepsia à parte, diante de tudo isso eu sempre tinha uma visão da morte, “vendo” aquilo tudo, toda aquela parafernália de tristezas e choradeiras, como se ainda eu estive vivo.
Mas fiquei muito tranquilo,depois que me conscientizei que morto não vê nada!
Parece bobagem, não é?
Porém, de bobagem em bobagem é que a gente vai morrendo em vida até descobrir que elas são realmente isso: Bobagem.
Quer que eu minta?



ARIANO SUASSUNA.


MULHER DESCALÇA



COMUNICADO: O NOSSO ANTIGO BLOG:
"SEXO É UM PRODUTO DE CONSUMO",FOI SUBSTITUÍDO PELO,"FRAGMENTOS DO ACASO".
SÃO NARRATIVAS DE UMA VIDA!
QUE TAL DAR UM PULINHO ATÉ LÁ?
ESPERO QUE GOSTEM.





Tertuliano era destes homens metódicos, seus cabelos eram repartidos simetricamente ao meio e jamais admitia que, aquele famoso caminho de rato, tomasse conta da sua rigorosa divisão capilar e para conservar, ainda usava um gel que endurecia sua obra prima. Era como se Tertuliano, fosse dois!




Era um homem de rotinas rígidas, sabidamente um pão duro que não abria a mão,nem para dar tchau, em geral ensimesmado, mas tinha por sua companheira,   que carinhosamente chamava de Pitinha, uma especial atenção e real amor.
Este apelido inclusive levava sua amada a alertar Tertuliano que ela passaria de mãe dos filhos dele para uma mulher de vida fácil, pela troca de uma simples vogal e ambos sempre riam muito sobre a possibilidade desta trágica possibilidade acontecer.
Casados há mais de vinte anos ele um dia decidiu confessar para a sua Pitinha, uma das suas taras jamais ditas a ela:
-Pitinha, já estamos juntos há tanto tempo, né?
-Quer separar?
-Bobagem, Pitinha, eu quero é incrementar ainda mais nossas relações.
-Tertuliano, perdeu o tesão em mim?
-Querida, jamais!
-Preciso dormir, pois amanhã tenho que lavar e passar aquelas toneladas de roupas que você por ser tão “econômico” se nega a contratar uma empregada e, além disso, novamente fazer comida, limpar a casa, para você e seus filhos se sentirem confortáveis. Que saco ,Tertuliano!Abre a mão, cara , coloca uma empregada nesta casa.
-Pitinha não seja tão ingrata, você tem tudo que precisa.
-Eu não, a casa sim, eu mesmo além de nossa aliança de ouro só tenho aquele relógio de pulso caidinho contrabandeado do Paraguai e fabricado com mão de obra escrava, na China.
-Pintinha eu adoro você descalça.Era isso que precisava lhe dizer. Você fica muito linda e sensual e eu fico sempre com muita vontade de fazer amor quando vejo você sem sapatos.A sensação que tenho é que você está nua,completamente nua, minha Pitinha.
-Tertuliano que papo mais furado este seu...
-Papo furado, Pitinha? Levei tanto tempo para tomar coragem e pedir que você só ande descalça...
-Seu pão duro inveterado!


-Como assim?
-É isso mesmo, esta conversa de sensualidade e o escambau para cima de mim.
-Mas é verdade, Pitinha fico louco, é minha tara ver você descalça.
-Tertuliano, você é intragável sabia?
-Por que amor?
-Amor é o caceta...
- Caceta, o que é isso?
-Ué você tem e não sabe o que é?
-Ah,  é aquilo?
-Cada dia está ficando mais intolerável, Tertuliano.Essa conversinha toda de sensualidade, tara, seu descarado! 
Agora nem sapato você quer mais comprar pra mim, seu mão de vaca!