CENTRAL DE ATENDIMENTO OU NUNCA FUI TÃO "SENHOR" NA MINHA VIDA!




                                                            
Hoje já temos quem nos ouça. As empresas se estruturaram com sofisticados call-centers. Atendentes são treinadas, para além de chamá-lo de senhor exaustivamente e quem sabe, eventualmente, resolver seus problemas. Aliás, este era o caso. Meu cartão de crédito solicitado há vinte e sete dias, ainda não tinha chegado às minhas mãos. Então vamos aproveitar a tecnologia e a comodidade, colocadas à nossa disposição:
-Nagoya, boa tarde, em que posso servi-lo, senhor?
-Nagoya? É Nissei? – perguntei pra quebrar o gelo.
-Não senhor, Sansei. Qual o problema senhor?
-Eu nunca acerto... -respondi  com um sorriso amarelo e quase me desculpando.
-Em que posso servi-lo, senhor?- E ela queria mesmo atender este senhor aqui!
-É o seguinte, meu cartão de crédito ainda não chegou e eu já pedi há algum tempo.
-Pois não senhor. Pode me confirmar alguns dados, senhor?
-Quais?
-Nome do seu pai, nome da sua mãe, sua data de nascimento e número do seu CPF, senhor.
E então, eu disse tudo que sabia. Se mais não disse, é porque não fui perguntado.
-Obrigado senhor. Seu cartão de crédito é Estendido Premium, não é isso senhor?
-Estendido?
-Correto senhor, tem um chips amarelado, correto senhor?
-Deve ser, eu pedi e ainda não chegou, portanto não sei dos detalhes.
-Os detalhes são estes senhor. Então senhor, infelizmente não é aqui, só atendo cartões Econômicos, sem chips, senhor. Vou transferi-lo para o setor responsável, senhor.
-Nagoya...
Já era! Bem que tentei. Imediatamente outra atendente na linha.
-Meu nome é Ruth, boa tarde senhor, em posso servi-lo, senhor.
-Ruth da bíblia?-brinquei para quebrar um pouco minha tensão que já dava sinais de sobrecarga na minha rede de energia elétrica.
-Desculpe senhor, em posso servi-lo?
-É o seguinte meu cartão ainda não chegou é Estendido Premium, com chips, exatamente com o que você trabalha, segundo informou sua colega.
-Exato senhor. Pode me confirmar alguns dados, senhor?
-Confirmar não, eu posso reconfirmar, pois sua colega já me pediu.
-Desculpe senhor, mas é para sua própria segurança. Nome do seu pai...
Estava certo. Atualmente nunca se sabe quem é o interlocutor. E lá estava eu repetindo tudo de novo. Mas afinal era para minha segurança...
-Obrigado senhor. É com o titular que eu estou falando, senhor?
-É. Pensou que fosse o “Ricardão”?- Brinquei de novo e ela nem notou.
-Um momento senhor.
Após “uns momentos”...
-Senhor, quando o senhor, pediu o novo cartão, senhor?
-Tem uns vinte dias.

                                            



-Engraçado senhor, não consta no sistema, senhor.
-E que graça tem isto? – notem que desta vez eu fui às forras!
-Desculpe senhor, vou transferi-lo para o setor de emissão de novos cartões Estendido Premium, com chips, senhor.
-Mas Ruth?
Novamente, não consegui pegar e uma nova atendente, no entanto com a presteza habitual já se apresentava.
-Esther, boa tarde, senhor? Em que posso servi-lo, senhor?
-Como assim?O velho testamento está todo trabalhando aí. A bíblia está toda reunida aí?
-Como senhor, não entendi...
-Deixa pra lá...
-Em posso servi-lo, senhor?
E então, com já havia decorado direitinho o meu texto, disse-lhe tudo rapidinho.
-Ok, senhor pode me confirmar alguns dados, senhor?
-Não, não posso. Tenho amnésia, Alzaimer, arteriosclerose, e estou tendo um AVC- explodi sem ter mais saco para nada!
-AVC, senhor?
-E olha,Quer saber de uma coisa?
-O que senhor?
-Você podiam até me chamar de “brother”, “amigão”, “cara”, “mano”, “maluco”, ”tio”, mais cacete se resolvessem o meu problema,não teria problema
-Senhor...
 Fui mas rápido. Ela ficou falando sozinho.
Algum tempo mais tarde, já tendo me vingado suficientemente das atendentes, do sistema, do call-center, enfim, verifico que ainda estava com o mesmo problema. Que bobagem tinha feito, por um simples prazer, fui fazer minha atendente infeliz, com diria Jamelão no clássico: Matriz e filial.
Voltei a ligar:
-Jesus, boa tarde. Em posso servi-lo, senhor?
-Quem está falando?- perguntei incrédulo!
-Jesus, senhor!
-Senhor, eu? Quanta humildade sua!- respondi quase me ajoelhando.

Mas, finalmente exultante e agradecido aos céus pela dádiva concedida, tive a certeza de que agora sim, teria resolvido meu problema, e sem intermediários, pois, Deus é grande, Deus é pai! 

MODUS IN REBUS!



                                                             



Sinceramente nunca entendi muito bem o significado deste termo jurídico metido à besta e com ares indecifráveis de tradução para nós outros que nas aulas de latim ficávamos conversando com a menininha gostosa do lado.Mas eis que num esforço sem precedentes e gastando a metade da dinheirama que o Sergio Cabral comprou de joias para a nossa primeira dama, coloquei a minha imensa equipe de pesquisadores na rua para solucionar o problema e chegamos a conclusão que modus in rebus é uma locução latina.
Ora, que descoberta mais idiota não é?
Quem diria tratar-se de uma expressão chinesa, grega, quiçá turca ou polonesa? Alguns dos nossos pesquisadores chegaram até a pensar em pedir para que o Odebrecht nos enviasse alguns milhões de dólares para dar continuidade as pesquisas, porém não permiti, não admiti mesmo, que aqui se criassem dificuldades para gerar mais tarde, facilidades, absolutamente e em alguns minutos descobri tudo no Google.
Realmente é uma locução latina que significa: "há medidas nas coisas", "para tudo deve haver moderação" e ela é encontrada nos escritos de Plauto, Poenulus e Horácio alguns pilares básicos do latim clássico  esta verdadeira joia da roma antiga.
Pô me lembrei novamente da mulher do Sergio Cabral.Maldita ideia fixa!
Eu tenho certeza que esta informação sobre o significado de modus in rebus irá mudar definitivamente a vida de todos vocês e amanhã quando acordarem ninguém será o mesmo, pois, finalmente, desnudamos a verdadeira essência do significado deste troço que nos atormentava!
Entre os menos cultos existia até a falsa ideia que  isto significava algo de natureza sexual e ligado a rabo!
Afinal, brasileiro só pensa nisso, mas quanta falta de sabedoria e ignorância, não é minha gente?
Eu mesmo certa vez presenciei uma conversa entre dois participantes do BBB no qual um deles confessava que permitia "eventualmente" brincadeirinha tipo modus in rebus nele o que levou o outro até a encostar-se na parede dizendo que estaria protegendo o seu!
Momentos obscuros da cultura nacional.
Tristes episódios da inteligência pátria,muito pior do que aquele lastimável momento  de uma briga de rua entre dois camelôs no qual gritava para o outro:
- "Vá tomar no seu modus in rebus".
E o outro colérico e contido pela população, repetia :
- É seu otário, eu já comi muito o da sua mãe, seu safado!
Quanto desconhecimento e baixaria e por esta razão, o valor incomensurável desta nossa pesquisa, para todos.
Esperamos estar contribuindo,portanto para a sedimentação da nossa verdadeira vocação de povo culto com estas nossas descobertas  assim como o fizeram , Machado de Assis,João Guimarães Rosa, Cecília Meireles entre tantos outros.
Simples não é? Modus in rebus quer dizer que deverá haver medidas nas coisas e  moderação.
À partir de hoje meu amado povo brasileiro quando alguém souber que sua companheira o está traindo com o vizinho ou seu companheiro ao qual você sempre se orgulhou dizer que é fiel , na realidade descobriu que ele da ré no quibe, ou seja, é uma boneca despudorada,tenha calma, moderação,respire fundo,recite muitos mantras e acima de tudo muito, muitíssimo, modus in rebus.
Aproveite até desta nefasta situação o que de melhor ela tiver e com muita moderação pegue,por exemplo o quibe e faça um belo prato com cebola,pasta de grão de bico e regado com muito azeite!
Este é apenas um pálido exemplo do que, sua criatividade baseada no modus in rebus poderá ser capaz de mudar definitivamente sua vida, tanto nos  modus e principalmente, na preservação do seu rebus.
Mas, apesar de toda esta discussão filosófica , etimológica e cultural é sempre bom ficarmos atentos também, no nosso dia-a-dia para este secular dito popular: Rebus de bêbado não tem dono!
Já pensou se de repente fazem uma nova reforma ortográfica?
Quer que eu minta?



PERMITAM SAIR DO HUMOR HOJE.



                                                                         



Salve São Jorge para quem é de São jorge, Salve Jorge para quem é guerreiro, Salve Jorge das tradições africanas, Salve Jorge padroeiro da Cavalaria do exército brasileiro,dos escoteiros,da Policia Federal do Rio de Janeiro e de países como Portugal e Inglaterra.
Enfim ,Jorge para todo os gostos e sentimentos!
Salve este  simbolo de guerreiro no momento que uma quadrilha montada nas suas mulas de roubalheira,cafajestes e canalhas brasileiros entre eles políticos malfeitores e patifes e empresários canalhas que vendem e negociam as próprias mães para ganhar uma concorrência de uma obra de onde irão roubar bilhões do povo brasileiro, da saúde, educação,enfim...
E estes partidos políticos espúrios de cafetões do Brasil devem ser extintos e criados outros que representem o nosso orgulho de sermos brasileiros.
Espada de Jorge, o Guerreiro que haverá de enfiar goela à dentro e que deverá derrotar  estes patifes,ralé da nacionalidade brasileira,gentalha desqualificada que depois de pegos em delito flagrante optam por delações premiadas e fazendo pose de vitimas enganadas para não  apodrecerem nas cadeias como deveriam apodrecer, junto com estes políticos moleques e infames  que, fingem não ter resistidos aos bilhões oferecidos por esta classe de empresários malditos que, juntamente com os nossos piores governantes levaram a bancarrota a nação brasileira.
Empresários e políticos malditos!
Quem é pior do que quem, ninguém sabe, até que ponto estes corromperam aqueles ou aqueles corromperam estes?
E o mais abominável é ver estes velhacos de cabeça branca babando nas gravatas com suas próstatas hiperplásicas e quase degenerando em doenças piores de consequências fatais e que deveriam estar cuidando de netos, empresários e políticos caquéticos falando como verdadeiras vitimas nas delações premiadas exibidas durante horas em jornais à nível nacional, o que ninguém  aguenta mais.
Políticos e empresários malditos terão na espada de Jorge, o Guerreiro a resposta por terem sido os traidores maiores da pátria deste a grande traição de Joaquim Silvério dos Reis o delator de Tiradentes.
Goelas largas, mãos podres e consciências despudoradas.
Prisão de muitíssimos anos para estes empresários delatores e os políticos vagabundos.
Cristo,filho do Deus poderoso,olhai por nós!

AS COMPANHEIRAS QUEIXAM-SE DO DESEMPENHO SEXUAL DOS SEUS COMPANHEIROS.



                                                                               




O blog HUMOR EM TEXTOS , nunca teve a pretensão de ser consultório sentimental, mas em função das centenas de e-mails que temos recebidos sobre uma enxurrada de prevaricações conjugais na área sexual que ocorre atualmente,estaremos respondendo a alguns destas aflitas e mais prementes solicitações:

-MARTHA MENDOLINA DA SILVEIRA- TIJUCA -RJ

Paulo,sou casada há 36 anos e de uns três anos para cá meu maridão só comparece para a prática das deliciosas conjunções carnais de seis em seis meses, sendo uma  Terça-feira Gorda de carnaval e a outra, no Dia de Santo Antonio e, mesmo assim, quando faz queixa-se bastante desta "obrigação" indesejável!
Poderia me ajudar?

-MARTHA, na sua missiva ( êta termo antigo) eletrônica você me deu duas pistas interessantes.Uma sobre os dias destas escassas e minguadas relações sexuais:Terça feira-Gorda.Mande um outro e-mail dizendo quantos quilos está pesando.Por favor, faça isso!Não estou garantindo mas seu marido pode ter escolhida esta data como o Dia Semestral do protesto através de uma mensagem subliminar para você!
E o outro dia o de Santo Antonio o "Casamenteiro" e isto nos leva a pensar que ele continua protestando pois, no período colonial as imagens sacras de madeira eram ocas para serem usadas no contrabando de diamantes, ouro e outras pedras preciosas.Ele certamente está inconscientemente querendo dizer que, está fazendo "contrabando" traindo você e que  para você o pênis dele está tão oco quanto os dos santos dos contrabandistas da história.
Meus respeitos e espero seu honroso retorno.

                                                                 



PERCIVALDA PRIETO- BELO HORIZONTE- MG.

Meu estimado Paulão, sou sua seguidora antiga.Objetivamente :Minha relação sexual com meu marido está acabada,Faço de tudo para apimentar as relações e tenho me fantasiado de bruxinha com as coxas à mostra, enfermeira com a bunda oferecida, policial militar feminina com o cassetete em punho e uniforme sem sutiã, mas ...nada!!! Não acontece sequer o menor impulso da parte dele e na maioria das vezes ainda enconde a cabeça debaixo do travesseiro.
Por favor, uma análise.
PS.Vive me perguntando se maquiagem sai com facilidade!

PERCIVALDA ,tente novos modelos de fantasias, pode ser que você esteja errando é na criatividade.Sugiro que você tente uma fantasia de Gladiador romano e faça enchimento na sua calcinha com uma toalha para parecer que você tem o que não pode ter.Entendeu?
Fantasia de Hércules com aquele corpão invejável e uma lança enorme apontando para ele,grossa e vermelha bem extravagante, pode ser outra opção.
Quem sabe?
Agora eu só estranho é de que seu marido não tenha agarrado o cassetete daquela policial militar mencionada, pois, meu diagnóstico é de que, seu maridão está gostando agora é de outro tipo de fruta.
Faz parte!
Quer que eu minta?

                                                           
                                                               







A GOSTOSA EX- AMANTE DO DOLEIRO ALBERTO YOUSSEF.



                                                       


Taiana Camargo, que entre 2010 e 2014 foi amante do doleiro Alberto Youssef, figura-chave no esquema de propinas da Petrobras e preso em carceragem federal desde março, em consequência de investigações da Operação Lava Jato, nunca mentiu para o Brasil.
Na maioria das fotos nas quais pousava nua fazia a clara exposição de muitos dólares , seja, para encobrir-lhe as suas partes pudendas, intimas, genitais, ou simplesmente porque uma enxurrada de dólares sempre a acompanhava.
Só não que a não brasileira jamais se perguntou:
-"Mas, porque os dólares e nais reais?"
Ficamos tão encantados com a exuberância daquilo que envolvia aqueles maços de dólares que nem estávamos aí para isto, porém ela sinalizava de forma muito aberta e bota duplo sentido nisto, que ninguém poderá acusá-la de não ter mandado o seu recado.
Taiana colocava os dólares, generosamente doados pelo Youssef, escondendo exatamente na parte do seu corpo com o qual ela os ganhava.
Tipo,"toma lá e dá cá"!



E no seu leito de prazeres abundavam também aquela fartíssima matéria prima com a qual o doleiro empanturrava sua ex-amante que, lhe retribuía com o maior amor que um ser humano poderia doar ao outro , numa verdadeira contrapartida de afetos e o escambau.
Coisa pura,purissima, resposta honesta  do seu  coração flechado pelo doleiro galã!

                                                                     
                                                  
E muito antes daqueles políticos corruptos ficarem carregando dólares na cueca, nossa eterna musa, processada agora pela operação lava-jato, já indicava como eram transportados os seus ambiciosos milhões pelos quais tinha suado muito para obtê-los, principalmente quando o ar-condicionado do seu leito de prazeres, quebrava.
                                  
    
E qual a reação daqueles mais entusiasmados admiradores ?


                                                               
E como foram centenas de comentários, cada um mais empolgado do que o outro, fomos logo ao "states" saber a revoltada opinião do Trump e que, não se fez de rogado em botar logo tudo pra fora, em tom raivoso e bem ao estilo dele.

                                                                   


                                                          
                                                             
                                                                      


O REPULSIVO ODOR DE NAFTALINA



                                                               


Das coisas antigas que me lembro, são aqueles bondes que faziam a alegria dos estudantes caronas e o trabalho insano dos cobradores correndo atrás da garotada para pagarem as passagens quando eles pulavam dos estribos.
Nestes maravilhosos e romanticos meios de condução tinham aquelas propagandas maravilhosas do tipo:
Veja, ilustre passageiro, O belo tipo faceiro/que o sr.tem a seu lado/mas,no entanto acredite/Quase morreu de bronquite/Salvo-o:Rhum Creosotado.
                                                                  

E também todas as mulheres do mundo tinham duas poções mágicas e de absoluta confiança para o excesso,falta ou escassez naqueles dias nos quais era necessário estar prevenida com aquele remédio, verdadeira panaceia dos males femininos, naqueles tempos idos de tantas décadas atrás.
                                                                      

Tempo antigo no qual, muitas mulheres, se orgulhavam de ter um cafetão ao qual sustentava e geralmente era por ele espancada para aprender que mulher tinha que servir, ser submissa, respeitar seu macho, e quando quisesse o seu amor teria que comprá-lo.
Época sombria desta sociedade na qual só tinham grandeza, os bondes e os seus anúncios muito saudosos.
Evoluimos, que bom chegaram as feministas, puseram a casa em ordem,lutaram durante décadas por sua emancipação, conquistaram o mercado de trabalho, se impuseram perante uma sociedade na qual só lhes era reservado comentários que diziam que lugar de mulher era na cozinha, ou num belo tanque cheio de roupa para lavar e outras teses da misoginia , a repulsa, desprezo ou ódio contra as mulheres. Esta forma de aversão mórbida e patológica ao sexo feminino está diretamente relacionada com a violência que é praticada contra a mulher.
Infelizmente, ainda hoje!
Porém, a luta da sociedade como um todo é de reprovação a tudo aquilo que possa colocar a mulher numa posição subalterna em qualquer tipo de situação.
Mas, quando tudo parecia estar caminhado bem, no Dia Internacional da Mulher o Presidente da republica federativa do Brasil entorna o caldo e coloca a mulher no seu lugar mais primitivo e superado dos últimos 70 anos no mundo ao vociferar com ar machista:
"Tenho absoluta convicção, até por formação familiar e por estar ao lado da Marcela , do quanto a mulher faz pela casa (TAMBÉM), pelo lar (TAMBÉM). Do que faz pelos filhos(TAMBÉM). E, se a sociedade de alguma maneira vai bem e os filhos crescem, é porque tiveram uma adequada formação em suas casas e, seguramente, isso quem faz não é o homem, é a mulher (TAMBÉM)". 
Pronto,Sr.Presidente, ao colocar o meu "TAMBÉM", prestei a devida correção ao seu desastroso discurso e, por ter feito isto, não quero nenhum cargo em seu governo.
Sou alérgico a estas antigas  bolinhas de naftalina!

A ERA TRUMP DOS OVOS ABUNDANTES.



                                                           
 Ia começar pedindo desculpas aos nossos brothers dos states pela intromissão nos negócios internos deles, mas me lembrei de que se houve uma nação depois dos portugueses, ingleses, franceses e holandeses que se intrometeram mais e muito por aqui foram eles e... continuam.
Os portugueses além de se intrometerem, também meteram muito nas nossas índias cheirosas de banho de rio, sestrosas naturalmente com corpos sempre a despertar nos portugas aquele tesão de além-mar cujos frutos foram os mamelucos.
Já os nossos Big Brothers invadiram isto aqui com seus deliciosíssimos e mortais sanduíches de fast-food, as calças jeans, os óculos ray-ban e ainda nos trouxeram noticiários dignos de um filme pornô quando nos contaram que Monica Lewinsky - com aquela boca cheia de dentes enormes- fazia boquetes entusiásticos no salão oval da Casa Branca em nada mais nada menos do que o Presidente Clinton, esposo, marido, guardião, provedor e o escambau de Hilary Clinton, que exatamente como todo corrupto brasileiro nunca viu nada, não soube de nada e muito pelo contrário.
Como, no entanto, Trump sempre soube daquelas brincadeirinhas orais da estagiária usou isso nos debates políticos contra Hilary Clinton.
E quando olhava bem dentro dos olhos dela, fazendo cara de galo bicudo ,Hilary ficava toda molinha e as pernas tremiam a ponto de fazer com que até a menina dos olhos dela se sentisse possuída despudoradamente, por aquele amarelão de crista alta.
Trump a abduzia tão fortemente com olhares que ela ficou até doentinha durante a campanha.
Seus hormônios explodiram!
Enfim...
Então, Donald Trump ao perceber que nos “states” olhar de forma sacana, tipo “eu sei que você sabe que eu sei”, exalando sensualidade através  daquelas narinas de grosso calibre e bem ao modo latino, desmontava o adversário, passou a olhar da mesma forma para os imigrantes, os mexicanos, os jornalistas, as minorias raciais e de opções de gêneros diferenciadas das dele que, se sente agora um absoluto machão imbatível, predador implacável e violento, tanto quanto a famosa torta de maçã , genuinamente norte –americana e símbolo maior da American way of life.
Não adianta querer explicar Trump racionalmente ou politicamente, pois ele come com os olhos tipo criança em confeitaria ou aquele senhor da terceira idade na primeira fila dos mais antigos e tradicionais teatros de revistas, babando com as coxas das atrizes-dançarinas.
Prova maior desta afirmação é a de que, de todas as centenas de declarações, apupos, criticas e reprovações que tem recebido aquela que ele não suportou e teve que se manifestar abertamente, foi quando aquelas duzentas mil mulheres fizeram uma passeata contra ele.
Revoltado e lastimando disse que ao invés de passeata elas deveriam ter votado nele e que desta forma, ele teria lugares para todas no seu governo como secretárias, ministras, e embaixatrizes.
Ele á assim mesmo!
Trump come com os olhos e tem tantos hormônios que o seu cabelo amarelo é o resultado da ingestão de dezenas de ovos que ingere diariamente, cuja coloração das gemas subiu-lhe à cabeça e lhe dá a certeza de que finalmente, ficou com ”aquilo roxo” como queria nosso impichado ex-presidente cassado Collor .
E além de roxo - como todos os homens só tem dois ovos- ele demonstra claramente que gostaria de ter centenas dependurados.
Quer ofender, verdadeiramente o Donald Trump, tira-lo do sério, fazer que ele perca a pose? Esqueça que ele é da pátria do gavião símbolo maior dos EEUU, ele quer ser mesmo é ser galo.
Portanto,quer ofender  Donald Trump?
Chama ele de broxa!

UM CARNAVAL DE DÚVIDAS DOS MEUS SEGUIDORES.

RESPOSTAS AOS MEUS SEGUIDORES SOBRE AS INÚMERAS DÚVIDAS QUE CHEGAM ATÉ A MIM POR E-MAIL






Tenho recebido muitas perguntas, questionamentos e curiosidades de meus queridos leitores e aproveito esta oportunidade para esvaziar minha Caixa de entrada, pois é a única saída de atender a todos com o carinho que merecem.
Identifique abaixo, qual foi a sua pergunta.
Se não identificar é porque não perguntou.
Entendeu?


P - Sr.Paulo Tamburro, porque será que eu não engravido com o meu marido?

R-Já tentou fazer sexo com ele?

P-Nosso dinheiro nunca chega ao fim do mês,tem alguma sugestão?

R-Tenho sim.Mesmo que o seu salário seja tipo carro motor 1.0,coloque mais combustível.Ele chegará com certeza!

P-Meu filho nasceu com a cara do apresentador Ratinho.Que chato! 

R- Fique tranquila, na próxima gravidez veja só o programa do Faustão.

P-Queria fazer meu marido ser o homem mais feliz do mundo.Pode me dizer qual a parte dele é a mais sensível?

R - Posso sim.Pare de enfiar mão no bolso dele.Ele será outro homem!

P-Prof. Paulo, você dá aula particular?

R-Dou.Mas preciso saber exatamente, detalhes do seu “currículo”.Mande.

P-Aí Paulão, sonho sempre que estou estrangulando uma galinha branca e velha.Isso não faz sentido.Dá para explicar?

R-Lógico, Jorjão é exatamente assim que você vê,inconscientemente, sua sogra.Seja mais generoso.

P-Aí cara, tenho uma tremenda dificuldade de lidar com velhice,só em pensar que vou ficar meio broxa, meio impotente, meio chato,meio cheio de rugas, meio adoentado...

R-Você tem mesmo dificuldade de lidar com a velhice e principalmente, uma profunda ignorância, pois , não ficará “meio” nada, e sim, “totalmente”. Caia na real.Espero ter ajudado!

P-Paulinho, quando você faz sexo com uma mulher,por que partes você começa a arrebentá-la de prazer primeiro e quais aquelas que vão deixando por último.

R-Companheiro, você errou o endereço deste e-mail, pois eu não sou Jack “o Estripador”, aquele sim cortava as partes das suas vitimas.

GAROTOS E GAROTAS DE PROGRAMA.


Era uma vez um tempo que, o tempo levou e já faz algum tempo, no qual, garota e garoto de programa eram somente a "moça" e o "moço" - com diriam os paulistas - que interagia com as emissoras de radio e frequentavam auditórios de televisão.
Enfim,hoje,notabilizaram - se, até como "colegas de trabalho".
O grande diferencial da profissional contemporânea do sexo e, suas antepassadas, é que investem pesado na mídia, na edição de livros e revistas, apresentando-se como especialistas do prazer, na sua maioria sabem até falar corretamente, sem aquelas horrorosas tijoladas vernaculares do tipo: ”agente fomos” ou o mais popular: ”pobrema” e, não tem cara de prostitutas.
Como as mulheres do imperador romano César que além de honestas tinham que ter cara de honestas, as garotas e garotos de programa, não são lá estas perolas em matéria de conduta ilibada, no entanto, têm cara de menininhas normalistas e eles caixa de banco. 
Isto não acontecia com a meretriz de ontem, as quais só tinham para oferecer, uma cama e aquela famosa penteadeira com espelho desenhado.
Não faltava, também, recipiente com álcool para a assepsia ardorosa- ardia mesmo!-das genitálias, aquele indefectível rolo de papel higiênico de folhas pardas e grossas sobre a mesinha de cabeceira, além de latinha de vaselina, produtos de beleza da Coty, pó de arroz Royal Bryar, Polvilho anti-séptico Granado, Leite de Colônia, e muitos batons de cores extravagantes.
O freguês - hoje elevado à categoria de cliente - nem tinha ainda deitado e a profissional já determinava:
- Não demora!
Eram em geral profissionais pouco atraentes. 
Hoje, as garotas e garotos de programa, saem das capas de revistas masculinas direto para a cama. Não necessariamente, nesta ordem, mas os tempos mudaram! Manequins, modelos, ex - miss isso, ex-rainha daquilo,mister aquilo outro, deitam, rolam e faturam. Fazem filmes pornográficos, e exibem-se em todos os programas de televisão populares o que lhes dá um glamour, muito diferenciado daquelas antigas colegas que ficavam correndo da policia no meio da rua.

Enfim, hoje ser prostituta ou prostituto é uma festa pois, descobriram que na era da informação, comunicar é faturar. Anunciam em todos os jornais e escrevem livros sobre o que já fizeram, fazem e, ainda irão fazer neste imenso portal da libertinagem humana.

Algumas delas tornaram-se até consultoras sentimentais, pois seus livros são autênticos decálogos para salvar os casamentos, incrementar relacionamento, e descobrirem, definitivamente o conceito de ponto G, ou seja:Ponto G de grana!
Nisso também houve um grande avanço, pois estas são as modernas doenças venéreas da informática. Muito interessante é destacar que a criatividade e tecnologia japonesa, transformaram, até inocentes e singelos desenhos animados em inesgotável fonte de prazer: os famosos hentai. 
Nem dá para ter saudade da gata borralheira e chapeuzinho vermelho, porque, elas também se adaptaram a estes desempenhos menos simplórios, românticos e inocentes. Apesar do amplo mercado de garotas e garotos de programa a equipe de pesquisa não conseguiu ver nenhum filme pornô do Tom&jerry. Talvez em respeito a uma velha amizade eles tenham decidido não aceitar, comer um ao outro.
Aliás, esta é uma atitude respeitosa que deveria ser seguida pelo Batman & Robin.
O mais hilário de tudo é aquela rigorosa proibição para se ter acesso a estes conteúdos: “Se você tem menos de 18 anos fica expressamente, proibido o acesso a estas páginas”.
Hipocrisia do cacete!Realmente então, nenhum menor vai acessar!Poupem-nos.
No entanto, esta evolução foi tão rápida que ainda não foi assimilada por todos, e episódios como o daquele cidadão que chegou ao Rio de Janeiro vindo do interior de Minas com seu velho carro de estimação, e caiu direto nas paginas de classificados, onde se lia:

“Abertolina, honesta, altamente profissional, sabe o que faz para quem gosta que faça. Trabalha com todos os acessórios nacionais, importados e paraguaios”.
Imediatamente telefonou:
-Alô, é da parte da Sra. Abertolina?

-É ela mesma. Em que posso servi-lo.
- Ce tá boa?
-Boa e cheirosinha...
-Dona Abertolina, cheguei de carro, de uma viagem lá das bandas do interior das minas gerais e tô precisando de uns "trem" aí da senhora...
-Entendi está precisando de um relax, uma lanternagem...
-Também, mas principalmente, de alguns acessórios.
-Procurou a pessoa certa, trabalho com todos deles. O senhor é hetero, homo, bi  ou flex?
-Sou Galo, desde criancinha e detesto o Cruzeiro! Time é o meu galo! Sou atletico mineiro sim!
-Adoro isto. Você deve ter um tremendo peixão! (risos)
- Peixe não, uai, sou é Galo. Peixe é o pessoal do Santos. Sô minerin, Atlético! (mais risos)
-Tá, mais isto é detalhe, quer uma correia?
-Não correia não...
-Então alguma coisa por trás?
-Não atrás, não afetou, está tudo bem...
-Quer marcar uma sauna, uma ducha?
-Não senhora, o carro tá bem lavadinho...
-Ô galo, dá para ser mais explícito, meu filho eu estou trabalhando.
-Desculpe estar tomando seu tempo, vê se a senhora têm aí o farol direito, a lanterna esquerda e o retrovisor interno do Opala 83...
-O que??? - a garota de programa bateu o telefone e do outro lado o mineiro estranhava:
-Uai, que muiê disintendida sô!

PÔ CARMEM LUCIA !

                                     
                                                             

O casamento foi lindo! Foi tudo muito lindo! Dizem que as mulheres valorizam mais do que os homens o planejamento, as compras, as festividades, tudo que cerca aqueles momentos mágicos que antecedem ao "sim" da união matrimonial dos cônjuges.
Em parte, isto é verdadeiro, não totalmente, porque eu me emocionei muito com o nosso casamento. Mas, reconheço que realmente você o valorizou muito mais. Comprou tudo. Coordenou todas as despesas.
Quanto empenho!
Envolveu toda a sua a família. Verdadeiro trabalho em equipe. Só depois da lua de mel é que fui ver tudo direitinho, fazer as contas, cotejar.
E, como você valorizou Carmem Lucia!
Aquelas cinqüenta rosinhas de chocolate que a sua mãe sugeriu para que fossem oferecidas aos convidados quando eles saíssem da festa, custou mais do que o aluguel da igreja e o coral, com o órgão do padre e tudo. 
Lembra do meu sapato preto, importado da Austrália de couro de canguru, que você achou lindão? Então, daria para comprar uns cinqüenta pares com o dinheiro gasto naquelas singelas lembrancinhas de chocolate. Eu sei que foi uma amiga da sua mãe que nos vendeu, não foi? 
Se a gente não conhecesse bem a sua mãe, Carmem Lúcia, diríamos que ela levou, no mínimo, cinqüenta por cento de comissão naquela comprinha.
                                           
                                              


Foi muito caro. O pior é que eu vi crianças atirando aquilo umas nas cabeças das outras. Um duplo desperdício. Como você valorizou nosso casamento, Carmem Lucia! 
Aquela gorda que fez os pasteizinhos de queijo para tira-gosto a pedido do seu pai bebum, cobrou mesmo, aquilo tudo? Tem certeza que o seu pai só gosta de comer os pasteis dela? Fiz umas contas rápidas e o que pagamos por aqueles pasteizinhos safados e mirrados daria para a gente comprar uma pastelaria no estado que mais se come pastel: São Paulo. O pastelzinho tinha no máximo, o minimo de pastel. Uma coisa à toa que, nem tinha vento e, com uma bolinha de queijo muito acanhada lá dentro, do tamanho de um grão de feijão. Um roubo! Desculpe, mas é revoltante.
Outra coisa, Carmem Lucia: eu tinha alugado um carro conversível, do ano na agência de um amigo, uma semana antes, e no dia do casamento seu irmão cancelou e alugou o carro dele para nós, aquele Escort, vermelho 86, surrado. Eu não entendi. E nos cobrou o dobro do preço daquela limousine conversível que eu já havia contratado. 
                                                 


Olha, vou ao Procon. Temos que conversar, seriamente, com seu irmão Outra coisa, quem pediu aquelas empadinhas de camarão para sua prima? Confere aí, pois, eu duvido que ela tenha mandado as quinhentas encomendadas. Foram caríssimas, não tinham camarão e ela deve ter entregue, menos da metade do que nos cobrou. 
O Juninho, filho da Esmeralda berrava: - mãe devolve minha empadinha. Ela tomou da criança na mão grande. Todo mundo estava reclamando. Meu amor você valorizou demais, prestigiou demais seus parentes, foi muito mão aberta com a sua família. 
Você falou que o tapete vermelho iria da entrada da igreja até ao altar. Que tapete? Eu vi o padre em cima de um pequeno capacho vermelho. 
Roubaram o maldito do tapete, Carmem Lúcia? 
E o dinheirão que eu paguei por 20 quilos de pétalas de tulipas multicoloridas que seriam jogadas em cima de nós no momento do beijo, lá no altar. Pétalas? Minha cabeça ficou cheia de serragem e papel de jornal picadinho. Parecia desfile gay na avenida, Carmem Lucia. Ficamos todos emporcalhados com aquilo.
Não quis lhe falar nada para não quebrar o clima, mais até quando nos deitamos na nossa tão esperada alcova na lua de mel, você ainda tinha aquele embuste de enfeite, dentro da calcinha. Lembra-se que eu comecei a espirrar? Era serragem Carmem Lucia!Vê qual foi o seu parente que nos vendeu alho por bugalho. E o arroz que seria jogado quando entrássemos no carro? Jogaram alpiste e muito milho, na nossa cara. Parecia chuva de granizo. Eu paguei arroz agulhinha de primeira. Jogaram alpiste e milho. Alguma insinuação a você? Não é possível. Nunca vi tanto milho! 

Tudo isto seria perdoado, não fosse aquele episódio grotesco de você ,desde cedo,começar encher a cara com seu pai - aquele bebum inveterado -  e ficar em altíssimo, estado alcoólico mal a festa ainda ter começado.
Abraçava todo mundo com aquele bafo insuportável e, ao invés de cortar o bolo de casamento cortou a galinha assada, do prato que estava perto. 
Carmem Lúcia, quando você me ofereceu aquele pedaço de galináceo, ainda pediu para que eu não sujasse o terno com o chantilly! 
Carmem Lucia, e foi, exatamente, aquele seu deplorável estado de embriaguez que, não deixou você notar quando, no final da festa, saímos e seu irmão parou aquele maldito Escort 86 ,tipo vermelho cheguei, no tal hotel que seu primo nos reservou, dentro de um pacote turístico que incluía estada em Teresópolis por uma semana com café da manhã, almoço, lanche e jantar executivo com velas e outras coisas românticas como passeio de cavalinho e assemelhados.
Na verdade ele nos deixou num velho sobrado na Rocinha. Lembra-se que você dizia - nas poucas vezes que conseguiu acordar naquela noite do embuste - que seu primo tinha pensado em tudo, até nos fogos de artifício? 
Carmem Lucia, aquilo não era foguetório nenhum, e sim um intenso tiroteio de armas pesadas entre a policia e os traficantes do local. 
                                             

Como fui enganado!
Estou num estado deplorável e lhe deixando esta carta, porque já está amanhecendo, você ronca como uma porca, o tiroteio acabou e vou direto procurar meu advogado para anular este verdadeiro ato de terrorismo que vocês chamaram de casamento e, colocar sua família na cadeia. 
Carmem Lucia, caso você queira suicidar-se, deixo-lhe um vidro de chumbinho, na mesinha de cabeceira. 
Torço por isso. 
Adeus!