O PORTEIRO DO CONDOMÍNIO.


                                                                          

Angelina Miatutti, italiana vinda para aqui ainda bebê,uma gata como o próprio nome já denuncia, é uma mulher de meia idade mas, no entanto, inteira e com aquele corpaço que é um grito de motivação para a garotada do bairro que, no silencio dos seus quartos homenageiam aquele rosto de morena e gostosa.Em tempo, começam seus prazeres solitários , pelo rosto, mas vão descendo, descendo, descendo...

È casada, para inveja geral e irrestrita dos cuecas de plantão da vizinhança que, vivem revoltados, por acreditarem que uma mulher daquela é igual à melancia, portanto, nenhum homem consegue comer sozinho e nesta hora, se dizem todos socialistas e desde criancinha.

Acontece que, alguns moradores do prédio onde ela mora, por vezes, exageram nos elogios a “senhoura” daquele maridão que é uma pessoa carrancuda,mercurial,inconsequente,
impulsiva e sem controle e que,já teve alguns sérios problemas destes comumente chamados bate-boca, com alguns atrevidinhos moradores.

Ontem mesmo, quando Angelina Miatutti voltava do hospital, local aliás, onde deixou outro entusiasta admirador, o seu ginecologista que, diagnosticou estarem as partes íntimas dela, apenas assadinhas, e portanto, nada de grave, ela soube que seu maridão tinha espancado seriamente, um dos imberbes vizinhos e a causa:Elogios muito “calientes” a ela.

Cautelosa e não querendo atiçar mais o maridão com questionamentos, ficou de no dia seguinte conversar com o porteiro, para obter maiores detalhes do ocorrido, inclusive, pelo fato de que, aquilo não teria nenhuma outra repercussão em lugar nenhum,pois além do condomínio ser fechado, ficava pertinho do fim do mundo.

Apenas,preveniu ao maridão, antes de deitar que, estava "assadinha" o que foi minimizado por ele, verdadeiro búfalo no cio, que retrucou em tom de deboche que para ele tudo bem, pois,afinal  ela não tinha extraído nenhum dente, acenando escancaradamente, para vias alternativas de entendimento.

Angelina Miatutti fechou a boca e resolveu dormir , pois como mais ninguém, a não ser só aquele restrito grupo de moradores do prédio tomaria conhecimento do ato brutal do maridão, a conversa dela com o porteiro, sim é que seria esclarecedora.

Dia seguinte e, como sempre fazia, antes de procurar o porteiro para as conversas elucidativas, ligou o computador e foi direto para o noticiário dos principais jornais que lia diariamente.


Então, Angelina Miatutti caiu na real e viu que realmente, esta sociedade da informação instantânea, seguramente, andava muito mais na frente do que qualquer porteiro o mais bem informado que fosse pois, todos os jornais que ela leu na internet, falavam, uns mais outros menos, sobre espancamento sofrido por um morador daquela localidade e internado para observações.

O maridão daquela gostosa sabe agora que, deve ser mais moderado nas suas atitudes se não quiser ser novamente, manchete nacional e Angelina Miatutti, menos ingênua em achar que, seu porteiro poderia ser fonte de noticiário mais abrangente do que esta mídia da sociedade da informação e globalizada pode descobrir, até mesmo, naquele condomínio chamado curiosamente de Ilha, pois é cercado por um silêncio absoluto e só rompido pela algazarra graciosa de lindas e esvoaçantes cigarras , para o deleite noturno dos seus moradores.

Bem, a não ser que as conversas dela, com aquele empregado do condomínio, rendam algo mais, do que simples atualizações de fatos.

Será que me entenderam ou fui muito sutil?

12 comentários:

Sueli Rodrigues disse...

Adorei seu blog...
bom humor é tudo pra mm...
obrigada pela visita
Su

Paulo Tamburro. disse...

Oi SUELI,

seja muito bem vinda, e creia que fiquei mais feliz do que pinto no lixo, quando vi que tinha vindo.

Realmente, a vida sem humor é o resto, somente...o resto!

Um abração carioca.

ᄊム尺goん disse...

as sutilezas ....rs.

abraço

Paulo Tamburro. disse...

Pois é MARGOT,

e "bota sutileza" nisso!

Fui sutil? kkk

Um abração carioca.

Barbie Californiana disse...

As atualizações dos fatos não são mais como antigamente... rs abraços e linda tarde.

Paulo Tamburro. disse...

BARBIE CALIFORNIANA,

é exatamente isso!

Ficaram tão impessoais, frias, sem calor humano, concorda? kkkk

Pois é!

Um abração carioca.

Zélia Gadelha disse...

Para uma sociedade que troca o contato humano por celular ou bate papo virtual, que substitui o cérebro pelo computador, que a beleza torna-se tortura diante de uma maioria machista, o modernismo trouxe impessoalidade as relações e o instinto a violência é consequencia dele.

Como sempre, mais sutil impossível! rsrs

Adoro a forma que faz as críticas com humor! Entenda-se as entrelinhas!!!! rsrs
Enfim, saudade dos tempos que as notícias chegavam através da "rádio cipó" kkkk

Bjusss!

Paulo Tamburro. disse...

Bons tempos ZÉLIA,

a eficaz "rádio Cipó" e antes, muito antes e você nem era nascida, havia a o "Rádio Galeno" que se na sua família tiver alguém muito mais idoso que você, pergunte.

Ou quem sabe o velho e eficiente Google responderá com certeza!

Indignar-me através do humor Zélia, é o que ainda, não me mantém de boca fechada.

Não é bom?

Um abração carioca.

Paulo Tamburro. disse...

Bons tempos ZÉLIA,

a eficaz "rádio Cipó" e antes, muito antes e você nem era nascida, havia a o "Rádio Galeno" que se na sua família tiver alguém muito mais idoso que você, pergunte.

Ou quem sabe o velho e eficiente Google responderá com certeza!

Indignar-me através do humor Zélia, é o que ainda, não me mantém de boca fechada.

Não é bom?

Um abração carioca.

Dorli disse...

Oi Paulo

Boca fechada não entra mosquito. Cada um faz da sua vida o que quer e fazer piada disso, acho muito engraçado, pô, imagina um homem levar um soco meu de direita? Fica sem dentes.rsrs.
Sexta-feira, alguém foi colocar um portão rolante na minha garagem e perguntou: eu preciso achar um homem pra me ajudar, eu ri e levantei com uma só mão. Ainda bem que pessoas inteligentes não brigam com o corpo porque apanham também,.kkkkk
Seu blog é um lance.
Beijos
Lua Singular

Gracita disse...

Olá Paulo!
A comunicação não é mais a mesma...rsrs Muitas sutilezas por aqui. Obrigada pela visita e adesão ao meu cantinho. Um abraço
Gracita

PERSEVERÂNÇA disse...

Feliz quarta-feira!!!
Abraço fraternal,
Nicinha