É POSSÍVEL NAMORAR NA TERCEIRA IDADE? OU: ELES DEIXAM?


                                       

Sabe aquele negócio da teoria e da prática pois é, idoso pode namorar sim, amar sim,ter vida afetiva e por que não?

Teoricamente!

Na prática o amor na terceira idade vai ter que enfrentar alguns probleminhas e tentar equacioná-los como o da filha que apesar dos seus 37 aninhos ainda mora com a mãezinha.

E então o namorado da mãe daquela filha chata , um sessentão também, com tudo em cima e principalmente embaixo, telefona para aquela coroa , inteirinha e ainda cheia de vida e amor para dar.
-Oi, Andressa Marta, tudo bem?
-Tudo amor, que saudade!
-Então ,vamos pegar um cineminha?
-Hummm, não vai dar não.
-Chateada comigo?
-Não amor , é que minha filhinha precisa que eu faça algumas coisinhas pra ela e de um pulo no supermercado para comprar o suco de jaca que ela adora e, depois passe na confeitaria e traga mil folhas de chocolate e outras bobagens que me pediu , mas me telefona amanhã.
-Mas Andressa Marta essa “menina” tem 37 anos e ainda precisa da mãezinha pra esse tipo de problema?
-Ah não seja injusto, ela pra mim é uma eterna criança.
-Sei, mas até criança saberia fazer essas coisas que ela lhe pediu
-Novamente , não! Estamos sempre discutindo por  causa destas bobagens.Coitada, ela brigou com o namorado, ta muito deprimidinha e, meu filho também, me pediu pra ir ao banco ver se, um desconto errado na conta dele, foi resolvido.
-Andressa Marta, esse Zequinha seu filho é mais velho que sua filha, é um absurdo.Tudo tem que ser com você?
-Amor, vamos nos ver, esses dias, não fica chateado.
-Minha querida,então pode ser sábado?
-Sábado não, já tinha prometido ao Zequinha de levar ele de carro até Mangaratiba...
-Mas, o seu filho sabe dirigir, foi até campeão de corrida de Kart quando era menino.
-Sabe dirigir ,mas não gosta mais, ficou traumatizado, sei lá,e eu gosto, não custa nada.Deixa de ser ranzinza...
-Tá amor da minha vida, vamos ao cinema domingo, está levando um filmão : A vida passou!'
-Tã ok, vamos
-Pô até eu enfim..
-Ih, amor, não, não , não  desculpe, você vai me matar...
-O que foi?
-Desculpe esqueci que a namorada do meu filho vai dormir aqui com ele de domingo para segunda-feira e sabe, tenho que a arrumar as coisas dele , o quarto que está um a bagunça, e dar atenção a garota, afinal...
-Andressa Marta,que dia então vamos ver esse maldito filme?
-Segunda ou terça-feira, mas telefona bem antes, porque acho que tenho que apanhar as radiografias dela , da filhinha sobre aquelas dores que a coitadinha, anda sentindo no cotovelo e o menino, o Zequinha, vai querer que eu o leve de carro , novamente pra Mangaratiba, e nem sei qual o motivo.

-Olha, você não sabe, mas eu sei.Sabe qual é o motivo?Você tem dois inúteis agregados na sua casa,que qualquer dia estarão pedindo para você respirar por eles....
-Olha, você falou respirar e eu lembrei: ele quer comprar uma máscara de mergulho de um amigo dele que mora lá...viu você me ajudou, é por esta razão que sou apaixonada por você.
 - Sei, me engana que eu gosto , pode até gostar mas depois de todos os seus "compromissos" familiares e,na vizinhança , com seus parentes diretos , indiretos , netos, noras, gato, cachorro, passarinhos, cágados, tartarugas e o escambau. Sabe de uma coisa: Adeus!
-Alô, alô , minha paixão, alô....Se aborreceu ? O que houve?  Sempre estive à sua inteira disposição...

27 comentários:

PERSEVERÂNÇA disse...

Opa! namorar, que delicia, rsss
o abraço, o cheirinho na nuca...quem não gosta?
não tem idade para sentir esse calor que começa pelos olhos e pode quem sabe continuar noite a dentro em um abraço quente... mas do que tudo é regarmos esse namorar a qualqueer tempo com cúmplicidade,respeito mútuo, interesse em edificar a presença do outro, mais do que nunca sentir e dizer:
"o teu prazer é o meu".
Paulo meu querido desculpe esse meu lado expontaneo, mas é assim que sou e penso e faço valer.
Não tem idade para namorar e dizer EU TE AMO.
abraços...
Nicinha

Paulo Tamburro. disse...

Poi é NICINHA,

mas quando o pobre do idoso está preso e amarrado por tudo quanto e lado, só namoram quando "ELES" deixam!

Fala sério!

Um abração carioca.

PERSEVERÂNÇA disse...

Desculpe, mas esqueci de dizer que essa foto de abertura é o MAXIMOOOOOOOOOOOOOOOO
Beijokitas

Paulo Tamburro. disse...

NICINHA,

é o máximo do mínimo, pois, esse cara miúdo,é quase um recém-nascido. kkk

Abração carioca.

Manuel Luis disse...

É preciso ir construindo diariamente.
Abraço

Paulo Tamburro. disse...

Olá MANUEL LUIS,

concordo, e em bases cada vez mais sólidas.

Um abração carioca.

ᄊム尺goん disse...

viver-deixar viver e conviver, tudo, mas tudo com muito respeito e liberdade...(joguete nao né?)


[contem 1 beijo]

Paulo Tamburro. disse...

Pois é MARGOH,

mas "eles" deixam?

Fala sério!

Um abração carioca.

ᄊム尺goん disse...

..tudo depende da forma que que se constroi a relaçao familiar. saber separar a mãe-avó da mulher.

essa história de "eles" deixam, aqui em casa não faz sentido.

mas...sem polemica...suas cronicas sao ótimas (eu tenho preguiça de usar acento) e os nomes dos personagens ja me fazem rir...(isso q vale)

beijo

Paulo Tamburro. disse...

MARGOH,

temos muitas coisas em comum, a preguiça é uma delas:Preguiça até de ver alguém fazendo ginástica, preguiça de preencher cheque para pagar dívida,preguiça ....pô, agora me deu preguiça é de escrever. kkk

Abração carioca.

ADRYANA GONZAGA disse...

Os filhos muitas vezes pesam que os pais são apenas pais , não existe o homem e a mulher , pois eles não exergam, gostei muito dessa engraçada realidade.parabéns pela sua sensibilidade.

Paulo Tamburro. disse...

Oi ADRYANA,

e o pior é que tem pais que pensam muito menos e são muito mais chatos que esses filhos possessivos e pentelhos! kkkkkkkkk

Abração carioca.

Nádia Santos disse...

Graças a Deus não vivo este drama, vivo minha vida e meus dois filhos vivem as deles, por sinal eles em Recife e eu em S.Luis. Cortei o cordão umbilical faz tempo e somos felizes assim, e nem deixei de ser mãe por isso. Acho até que eles gostam, não fico na cola deles e nem eles na minha. E todos somos felizes te garanto. Um abraço Paulo e parabéns pelo ótimo texto.

Paulo Tamburro. disse...

Oi NÁDIA,
ainda bem, ainda bem !!!

Um abração carioca.

Claudete disse...

pois é Paulo , rs, são raros os filhos e filhas que entendem que os pais se aposentaram do trabalho e não da vida. Você descreveu com perfeição o que acontece, rs, já vivenciou ou viu de perto? Abraços.

Paulo Tamburro. disse...

Olá CLAUDETE,

vemos todos os dias né? Vivenciar , não!

Enfim, todos os filhos, não são assim, e os que são, um dia sentirão na carne, o que semearam.

Efeito bumerangue, existe mesmo!

Um abração carioca.

eucontista disse...

Esses dias no "Anger Managment" (nova série do Charlie Sheen) havia uma inversão de papéis entre o filho e o pai idoso. Naquele caso foi um pouco diferente, o pai "porra louca" saindo sem avisar, aproveitando o máximo da boa idade.
Penso que se os pais criam seus filhos para nunca se afastarem, não poderão reclamar do resultado.

Abraços!

Paulo Tamburro. disse...

OLÁ, EU CONTISTA.

Excelente seu comentário, e tão bom quanto, o seu blog o qual estou sempre , por aí.

Um novo viés que você considerou e oportuníssimo, pois, na realidade ,isto também acontece.

E como!!!

Um abração carioca.

Ana Carolina disse...

Oi! Obrigada pela visita e principalmente por se tornar o primeiro seguidor do Super Sexy!
.. Gostei deste texto tbm.. A terceira idade está cada vez mais ativa, porém, o problema da falta de tempo assombra a todas as idades né? RSRS!! Mas com filhos feito esses da Andressa, não tem quem aguente!!

Volte sempre! Ah, tbm estou te seguindo!

Paulo Tamburro. disse...

OI ANA,

que bom ter você , por aqui!

Pois é, ANA, agora posso lhe contar uma coisa?

Pra namorar eu arrumar tempo de qualquer maneira.

Tô nem aí!!!

Um abração carioca.

Cynthia Lopes disse...

Gostei muito da mudança da foto no blog, ficou muito legal. O texto como sempre, ótimo. Mas estou aqui para reclamar que o Senhor não vai mais nos meus blogs e nem deixa mais seus comentários legais, vê se passa por lá.
Saudações cariocas,
Cynthia

Paulo Tamburro. disse...

Pois é CYNTHIA,

não é proposital, nem esquecimento, é desorganização mesmo, estabelecer prioridades, essas coisas.

Vou corrigir!

Um abração carioca.

Barbie Californiana disse...

Com certeza, a vida não acaba na terceira idade... ótimo texto, Paulo!

Paulo Tamburro. disse...

Pois é Barbie Californiana,

não acaba na terceira idade se os filhos, netos, noras,agregados, convidados insistentes, amigo do amigo, do amigo daquele amigo e cachorros, gatos e passarinhos, deixarem. kkkkkkkkkkk

Um abração carioca.

Jaqueline Cristina disse...

Olha, Paulo, infelizmente, namorar depois de ter filhos agregados e com mil afazeres fica difícil!
Por mais que tentemos sempre há algo que os filhos façam para nos atrapalhar.
Ainda não cheguei a terceira idade mas confesso que às vezes, tenho que deixar de namorar para cuidar de meus filho. Entretanto essa Andressa aí está cega! Coitada! Perdeu o que poderia ser seu amor...
Bjoks

Paulo Tamburro. disse...

Pois é JAQUELINE CRISTINA,

são as tais opções de vida concorda?

Fica difícil, agora tem que se arrumar um jeitinho.

Se tem!!!

Um abração carioca

Sonia Sidney disse...

Olá Paulo,

É mesmo difícil namorar achando que os marmanjos ainda são adolescentes.
Precisa deixar de lado coisas dos outros, e pensar em si própria, a vida passa a fila anda, e o namorado encontra alguém como eu, que só pensa em si mesma, e os filhos se danam.

Aliás, filhos com mais de 30 anos.,.

Namorar é bom demais.

sonia, com carinho.