BOTA PRA MAMAR!!!

                                                      


Antigamente eram divulgadas muitas razões para que as mães negassem ao seu rebento e recém chegado filhote, uma série de inverdades como a que dizia que o seio caía, a mulher engordava, o leite dela era aguado e não alimentava nada e era tão pouco que, o miudinho ficava irritado e abandonava o seio.
A industria de leite em pó,agradecia!



Diziam até que o colostro,um fluído amarelado e espesso que é produzido nos primeiros quatro a sete dias pós- parto,não deveria ser dado ao bebê por ser inócuo, venenoso,um monte de bobagens e hoje, sabe-se que, é fundamental, para a formação imunológica do recém-nascido!
 Portanto,bota o cara para mamar, pois o leite materno é de fácil digestão, imuniza a criança contra uma série de doenças infecciosas, cientificamente comprovadas,melhora a articulação das estruturas responsáveis pela fala,e principalmente cria uma relação de imprescindível de carinho , amor e segurança com a mãezona provedora.



A mãe que bota pra mamar reduz a incidência de câncer nos seios, doenças cardiovasculares, terão muito menos problemas ósseos como a osteoporose, irá diminuir o tempo para que o útero e os seios,voltem ao tamanho normal, emagrecem mais rápido porque o corpo queima muito mais calorias quando produz leite.e a mulher perde até quinhentos gramas por mês.
Enfim, só traz vantagem para um e o outro.  Sem falar nos olhos agradecidos e pidão do companheiro!

No entanto se seu companheiro chegar da rua com aquela boca cheirando a álcool e cebola ao vinagrete, nem pense duas vezes em expulsá-lo, pelo menos nos seis primeiros, de perto dos seus seios.
Já pensou este cara fazer uso da mesma fonte de vida para fins outros e a seguir o bebê ter que encarar aquele bico contaminado?
Então, você notará que o bebê deixará de mamar e naturalmente, ansiosa irá procurar o médico, mas lembre-se que, ele não deixou de gostar de mamar e sim, foi expulso pelo ato irresponsável do seu companheiro.
Outra coisa, tem homens que ficam com ciuminho e querem também leitinho e, até pedem para comer uns biscoitinhos, como tira gosto.
Tira este cara daí.

Se ele disser que vai dar queixa no Procom , sob o pretexto que você estaria sonegando um produto que ele quer, fique tranquila, pois, a prioridade é do bebê e o juiz ainda é bem capaz de mandar que ele mame  coisas menos publicáveis.
Mas no entanto, àquelas mães muito zelosas e exageradas que, mesmo depois daquele antigo bebezinho já ter completado cinco anos de idade e, ainda estar acomodado ao seio bom querendo continuar a mamar, ela caia na real.
Por questões contratuais e jurídicas em plena vigência,o seu companheiro terá todo o direito de exigir que você se decida entre aquele marmanjo e já dentuço ou ele.
Caso contrário, poderão vir mais uma enxurrada de embargos infringentes e ninguém aguenta mais isso!






13 comentários:

Marieci disse...

Ai, esses seus textos... Parecia tão sério... Não sei como consegui ficar tanto tempo sem aparecer por aqui, rsrs mas enfim, amamentar realmente é maravilhoso!
Abraço Paulista

PAULO TAMBURRO. disse...

MARIECI,

então...não fique tanto tempo longe (rs),e Humor em Textos agradecerá.

Um abração carioca nesta paulista.

Flávia disse...

Pois é, é necessário dar importância devida a amamentação, mas sem perder o bom humor Rs

Thoughts-little-princess.blogspot.com

PAULO TAMBURRO. disse...

Flávia,

e com um humor muito melhor, ficará aquele que se abeberar na fonte láctea e mágica deste insubstituível seio materno!

Quer que eu minta?

Um abração carioca.

Mônica Marques disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mônica Marques disse...

Amamentar é divino até aparecer os primeiros dentes! E tenho dito!KKKKK

PAULO TAMBURRO. disse...

MÔNICA,

pois é, então a tese da Síndrome de piripaque do companheiro enciumado,parece contar com sua benevolente aceitação!!! (rs)

Um abração carioca.

Meri Pellens disse...

kkkkkkkk... Adorei!!! Informação com bom humor é tudo de bom!
Bjos...

PAULO TAMBURRO. disse...

Pois é Meri,senão fica parecendo aula de mestrado kkkk

Um abração carioca.

Flávia disse...

Já comentei por aqui, só vim agradecer a visita feita ao meu blog.

Thoughts-little-princess.blogspot.com

PAULO TAMBURRO. disse...

FLAVIA,

é sempre um prazer inenarrável visitar o seu blog.

Mesmo!!!

Um abração carioca.

ॐ Shirley ॐ disse...

Parei de mamar com quatro anos e meio. Não gosto mais de leite rs.
Esse blog é muito legal.
Paulo, beijos!

PAULO TAMBURRO. disse...

SHIRLEY,

obrigado pelo depoimento lácteo que tão bem ilustrou esta postagens, e todas as fervuras e ciumadas que um simples leitinho pode despertar.kkk

Um abração carioca