DEIXEM MEU PÊNIS EM PAZ!




Tornou-se uma obsessão, verdadeira coisa de louco, esta fixação e interesse despropositados de terceiros e suas maquinas de marketing virtual, pelo tamanho, envergadura, flacidez ou potencia do meu estimado pênis!
Se fosse algo sincero, saída do fundo de corações realmente preocupados pela essência das verdadeira inquisições a que estou submetido diariamente, até nem ligaria ou como diriam os antigos, faria vistas grossas.
Porém, é uma campanha insidiosa e irritante me oferendo produtos, técnicas. métodos , processos e o escambau para algo que nunca comentei com ninguém , muito menos com empresas especializadas nesta matéria tão intima e que durante toda a minha vida , reservei e seletivamente para o conhecimento ao vivo confesso, para poucas pessoas. As necessárias!
                                                                   
                                                                             



Se é grande, médio ou pequeno não deveria ser de interesse de tantos que diariamente enchem minha caixa de e-mails e no what zap e nas mensagens virtuais tão diversas, ousam duvidar se estou satisfeito com meu pênis, como se ele fosse uma par de sapato que a gente compra e se fica apertado nos trocamos. Ora, sejamos realistas, isso é algo com o qual eu fui contemplado desde que nasci, faz parte mim e não tenho nenhum interesse em expor em museu de coisa nenhuma ou servir de estudo cientifico para nada e muito menos fazer parte desta ou daquela estatística que, me incluiria desta ou daquela forma em qualquer categoria que não estou nem aí para as repercussões e aceitações que possam ter ou representar.
                                                                    

Portanto, senhores marqueteiros, publicitários, fofoqueiros ou simplesmente curiosos de plantão, tratem dos seus porque eu tenho tratado do meu como o mais absoluto carinho, pois, se não é o melhor, sempre procurei que ele fosse  digamos ...diferente e procurando estar sempre nas mãos certas.
Modéstia à parte, se é que me fiz entender !

                                                                              

                                                                                 

8 comentários:

Pedro Coimbra disse...

Também nunca tive tanta gente interessada no meu.
Estranho, nos tempos de adolescência não nada assim :))))
Aquele abraço

PAULO TAMBURRO. disse...


PEDRO COIMBRA,

são uns ingratos e oportunistas! kkkkkkk

Um abração carioca.

BETONICOU disse...

Perfeito Paulo! Faço de suas palavras minhas palavras. Penso que estão interessados demais em algo extremamente particular. rsrs Grande abraço.

PAULO TAMBURRO. disse...


BETONICOU,

gente abusada! Ao invés de tratar do deles, querem saber do meu ! kk

Um abração carioca,Beto.

Helena Rodrigues disse...

Com a quantidade de propagandas que recebo, já estou acreditando que eu mesma tenho um. E olha, está causando preocupação também! ;)

Beijos, Paulo!
Blog: *** Caos ***

PAULO TAMBURRO. disse...


HELENA RODRIGUES,

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK, por favor tire este seu pensamento da sua cabeça,jamais acredite nesta hipótese, para tranquilidade de todos nós!
Beijo.
Um abração carioca.

Jaime Portela disse...

A publicidade não olha a meios para atingir os fins (vendas)...
Mas se fosse só para o pénis... a caixa do spam está sempre cheia de promessas infalíveis...
Continuação de boa semana, caro Pedro.
Abraço.

PAULO TAMBURRO. disse...


JAIME PORTELA,

pois é, se todos os e-mails que receemos fossem realmente de fins verdadeiros, todos nós sem exceção seriamos os maiores super-heróis sobre a face da terra! kkk
Um abração carioca.