MAIS CORAÇÕES,CONTINUAM CHEGANDO!!!



COMUNICO AOS CORAÇÕES QUE NÃO PUDERAM BATER NO COMPASSO  DO AMOR, NESTA POSTAGEM,COM CERTEZA, IRÃO SER PUBLICADOS NESTE FINAL DE SEMANA.


                 DO AMOR, DE AMAR, DE SONHAR



Silêncio. Não faça barulho, ele acaba de dormir.
Deixe que o sonho aconteça.
E, quando acontecer, deixe que ele cresça e invente seu enredo.

Silêncio, é assim que ouvimos o som do amor, em silêncio. Amor é sensível.

Pé ante pé, respiração suspensa, sem proteção. Amor acontece!

Se o procurarmos e apregoarmos essa busca, ele foge, se esconde.
Amor não gosta de publicidade, não quer visibilidade. Amor é anônimo..

Se quisermos agarrá-lo, ele some. Amor é arisco.

Sonhando com ele, à ele nos entregamos, sem defesa e sem ataque.
É tao simples e tão complicado. Amor é contraditório.

Se apresenta de todas as formas, às vezes, disforme. Amor é ilusionista, tenta nos confundir.

Sonhe com o amor maternal, o mais visceral, dois corações batendo no mesmo corpo. Amor é milagre!

Sonhe que adota o coração daquela que não sabe amar sua extensão na vida. Amor é oferta!

Sonhe que alguém precisa de seu amor, para agasalhá-lo no frio, para alimentá-lo na fome, para acudi-lo na aflição, para ser solidário na dor. Amor é comunhão.

Permita-se amar, deixe que, em estado de vigília, o amor se manifeste, acolha-o. Amor é fujão, escapole da alma.

Travesso, o amor quer brincar: de amar, de se amar, de ser amado. Amor é criança.

Sonhe em ser criança, finja que já é grande, se alegre em somente amar. Amor não é exigente..
Pede silêncio, pede atenção, pede paz. Amor retribui.

Sossegue, sonhe com o amor invadindo seus poros, contaminando, com seu vírus poderoso, todas as células de seu corpo. Amor é contagiante!





Nada peça à ele, amor não aceita escambo. Dê-lhe o que você tem, o que você é, o que você pode. Amor é aceitação.

E é assim que o amor surge, quando, sem saber, você está preparado para acordar e vivê-lo. Então,o silencioso sonho está pronto para se tornar realidade, porque está formatado em seu coração e em sua mente. Amor ensina!

Quando despertar, cuide do amor que sente. Amor é frágil.

E, ao chegar a hora do eterno sono, você terá a dádiva de ter ao seu lado o tão sonhado amor ou amores de sua vida. E esse amor vai acompanhá-lo na longa viagem. Amor é graça.

Amor é só isso, insípido, inodoro, invisível, inaudível, inexplicável e absolutamente indispensável. O amor é simples assim.

Pronto para acordar? 

Atenção: um, dois, três, e ...


                                ANGELA V.DE SOUSA

   



                                    RELEMBRAR

                          



                          A sedução nem precisa rosto, corpo ou cor

                          É simples ato sexual do pensamento.

                          Move-se, remove-se, requebra-se,

                          Relembra-se, contorce-se, beija-se...

                          Atitudes somadas e sumariamente

                          Finda na única sedução incontrolável:

                          A química que relembra que é amor!


                                                                                                                                                           ANGEL

BLOG da Angel - Angel,poemas e poesias

http://cleciaflordecacto.blogspot.com.br/



                                                                  


Hoje recebi um pedido para escrever sobre o amor. 
Sempre fugi de escrever sobre esse tema diretamente, ele me assusta e constrange por dois motivos: 
primeiro, tenho medo de cair no lugar comum e me tornar uma tola; segundo, acho que não faço a mínima ideia como deveria executar esta tarefa. 

No entanto, não escrever seria me ver curvar ao impossível e isso eu não tolero. 
Gosto de desafios. Gosto do incerto. Gosto do frisson da dúvida. Assim, amo. Amo? 

Bem já é um início, comum, mas início, o amor desperta sensações de conforto e desconforto, pronto! Sigamos. Detenho-me na palavra: AMOR. 
Olho seus contornos arredondados e obtusos entendendo que essa junção também faz o amor, graficamente, mas faz. 

Amor, portanto, lembra mistura. Mistura lembra amálgama. Amálgama, calor. Calor, aconchego. Sim, aconchego se encaixa nas diversas facetas do amor, portanto serve para descrevê-lo. 
O que mais?
Energias, de preferência convergentes! 
Amar sozinho não é amor. Precisa de troca, assim, no mínimo dois. 

E o amor próprio? Viu a dificuldade? 
Amor próprio depende de um só, oras! Voltemos as energias. 
Para haver amor necessita-se de uma energia positiva, sendo em relação a si próprio, seja em relação ao outro e essas energias positivas se atraem criando um campo magneticamente muito bem acabado. 
Quando há sintonia, há amor. E salve a Física! 

Do amor conjugado, prefiro no presente do indicativo. Já pensou no pretérito mais que perfeito?! 
Distanteeeee! Muito triste. E no pretérito perfeito, que de perfeito não tem nada quando se trata de amor... 

Bem, o amor lembra rimas, flor, dor, ardor, rancor... Não vou enveredar por aí, muito batido! E se eu disser as primeiras palavras que me vêm à cabeça com a ideia? 

Tentemos. AMOR! COR! É, até pode ser. Amor rosa, doce. Vermelho, paixão. Azul, frio. Verde, verde, verde...? Sei lá! É não funcionou. 

E agora, como vou acabar essa loucura? Serei sincera: não sei escrever sobre amor. PONTO FINAL! Decidida eu hein? 

Garanto que ninguém vai revidar, pois afinal, vocês são uns amores! 

Um beijo com muito amor!
                                                 Gisa

BLOG DA GISA : LER,ESCREVER  E VIVER
    


                                 AO MEU GRANDE AMOR...



Como um sonho, no acaso, você surgiu em minha vida. Trouxe com você a magnitude do sol, a serenidade da  lua e o colorido das florestas. 

Feito o sol você veio lindo e reluzente, aquecendo meus dias, deixando mais iluminadas minhas manhãs. 

Assim como a lua, você veio entre os mistérios da escuridão, enchendo meu universo de inspiração e meus pensamentos de inimagináveis   momentos. 
Igual o verde das florestas, sua paisagem veio retratando-me doces esperanças. 

Dessa forma fez meu mundo mais bonito e inspirador. Sua voz se confunde com o murmúrio do vento e em cada manhã faz ressoar em meus ouvidos leves poemas de amor. 

Seu sorriso tem a magia da melodia tocada em sinfonia, com cifras de amor. Tudo em você tem sabor  de poesia, aroma de vida e versos de alegria. Ah, meu grande amor! 
Maravilhoso é ouvir sua voz, ver sorriso e contemplar  cada traço seu,   com a carícia do meu desejo. Tudo em você tem sutileza, beleza rara, que me enche de paixão e amor, os meus devaneios.

Hoje, junto meus versos e rimas, faço-lhe soneto a traduzir-se no calor gostoso dos seus beijos. 
As quimeras do querer se unem como poema, fazem-se meu  repertório preferido. No cheiro da sua pele sinto o cheiro do rio, que vem com o vento perfumar meu respirar enchendo-me de ternura, cada vez que contemplo seu olhar. 
Seu perfume é bebida que, no ar, vem me embriagar os sentidos. 

Numa unidade de sentimentos você é minha única razão, ritmo do meu coração.  Sua alegria me contagia a alma e mesmo quando triste, um sorriso seu enche de felicidade toda minh’ alma. Ah, meu grande amor. 

Maior que o oceano é a força da minha emoção, a cada novo instante em que lhe vejo. Em cada novo dia sempre encontro em você, um motivo novo para me surpreender e só de sentir sua presença extasio-me num completo e indecifrável encantamento, que não consigo esconder. 

Tudo em você é harmonia, e quando viajo em seu beijo, tudo se transforma na mais bela poesia, de amor. Seu abraço tem o calor do sol, aquece meu corpo e faz toda  minha vida se transformar em eletrizantes ritmos e cores.

Ah, meu grande amor! Do mais simples encantamento, no acaso, nasceu nosso amor. Esse amor que resplandece e faz pulsar forte meu coração. 

Olhando o tempo, vejo versos que passeiam e entre eles, os versos de amor de  Neruda, então  fico a pensar no amor inexplicável e sem razão que Neruda simplesmente se inspirou em dizer que: 
" Te amo sem saber como, nem quando, nem onde, te amo diretamente sem problemas nem orgulho: assim te amo porque não sei amar de outra maneira" , e sem encontrar outra maneira, minha sina é amar, amar e amar você. 

Amor puro. Amor sincero. Nostalgia que me contagia em segredo. 

Lembro Drummond e dele empresto versos... num desvario de um Desejo inconfesso e... “ Queria recitar versos /  Cantar aos quatros ventos / As palavras que brotam / Você é a inspiração /Minha motivação / Queria falar dos sonhos /Dizer os meus secretos desejos / Que é largar tudo /Para viver com você / Este inconfesso desejo”...ah, desejo que já nem sei disfarçar, quanta doçura e feitiço existe nesse meu jeito de amar.

No meu sangue está tatuado seu nome, como partícula a se juntar entre os meus glóbulos vermelhos. Assim, você é vida em minhas veias. 

Há em você nuances de eternidade que se contrastam com felicidade. Tudo em você me transporta ao seu aconchego e me faço deitar, em segredo, em seus braços e adormecer em meio aos seus segredos. Tenho ciúme de você e do seu amor, matérias primas dos meus desejos. 

Em cada novo instante você se faz minha mais doce ilusão, inspiração dos meus mais lindos versos de amor. Tudo em você é melodia, poesia. Quando está distante,  e num grande suplicio, faço-lhe minha saudade em loucos poemas de amor. Ah, meu grande amor... Amo você de um jeito inexplicável, !! 

Enfim, Camões, grande poeta português,  um dia teve a felicidade de escrever: 
“ O Amor é um fogo que arde sem se ver”. Ele estava certo... O amor, quando é verdadeiro, não tem explicação se faz acontecer e valer.
                                                                                                     
                                                                Socorro Carvalho

BLOG DA SOCORRO CARVALHO -

MINHAS INSPIRAÇÕES,ETC



                        

6 comentários:

Ritinha disse...

Beijos e um excelente final de semana!!!
Visitando todos seus blogs.
Delicia!!!
Ritinha

Su Simon disse...

E esses corações chegam com tudo... de toda parte... um espetáculo de amor no ar...
Lindos!
Su

PAULO TAMBURRO. disse...

Oi RITINHA,

Pra você também!

Um abração carioca.

PAULO TAMBURRO. disse...

SU SIMON,

..."chegam com tudo...de toda parte...um espetáculo de amor no ar..

Desculpe ter sido repetitivo, mas acrescentar o quê?

Um abração carioca.

Ritinha disse...

Paulo... simplesmente... DEMAIS!
Vc é único nessa excelência de ajudar, divulgar e SER alguém que divide, compartilha, ajuda, ri, diverte, anuncia, grita através das palavras... Quisera ser 1/3 disso... engatinho por aqui, mas um dia estaremos paralelos nesse mundo BOM, com respeito e reciprocidade de carinho, verdades e PAZ!
Parabéns!
bjs
Ritinha

Gracita disse...

Olá Paulo
Belíssimos poemas de amor. Parabéns pelas lindas escolhas. Escritores de altíssima qualidade.
Um abraço
Gracita